25 Janeiro 2022, 11:13

Covid-19: Emirates Airline regista perdas mas destaca sinais de recuperação

LUSA Autor
Agência de notícias de Portugal

Dubai, 10 nov 2021 (Lusa) – A companhia aérea Emirates Airline registou perdas de 1,6 mil milhões de dólares (1,4 mil milhões de euros) devido aos efeitos da pandemia de SARS CoV-2, anunciou hoje a maior empresa de aviação do Médio Oriente, com sede no Dubai.  


Mesmo assim, a receita subiu 86%, correspondendo 5,9 mil milhões de dólares, entre 01 de abril e 30 de setembro, acrescentou a companhia num comunicado divulgado hoje. 


“Em todo o grupo vimos as operações e a procura a aumentarem novamente desde que os países começaram a reduzir as restrições de viagens”, disse o presidente da Emirates Airline, xeque Ahmed bin Said Al-Maktoum.


“Esta dinâmica acelerou durante o verão e continua a crescer de forma constante. Apesar do longo caminho que temos de percorrer para que as nossas operações voltem aos níveis anteriores à pandemia, estamos no bom caminho no sentido da recuperação “, acrescentou.


Em junho, a Emirates anunciou a primeira perda anual em mais de três décadas de atividade tendo recebido ajudas diretas do Governo do Dubai.


A pandemia do novo coronavírus atinge duramente o setor de aviação civil desde 2020.


 


PSP // SB


Lusa/Fim


 


 

Sem comentários

deixar um comentário