28 Setembro 2021, 14:21

Covid-19: Espanha tem mais de 50% da população com pelo menos uma dose da vacina

LUSA Autor
Agência de notícias de Portugal

Madrid, 23 jun 2021 (Lusa) — Mais de 50% da população de Espanha já tem pelo menos uma dose de uma vacina contra a covid-19 e quase 32% está totalmente imunizada, revelou hoje o Ministério da Saúde espanhol.


De acordo com os dados oficiais, 15,1 milhões de pessoas já estão completamente vacinadas contra a covid-19 (31,9% da população total), e 23,8 milhões têm pelo menos uma das doses (50,1%), em cerca de 47,3 milhões de habitantes que tem o país.


A Espanha registou 4.341 novos casos de covid-19 nas últimas 24 horas, elevando para 3.773.032 o total de infetados até agora.


Os serviços sanitários também notificaram mais 29 mortes atribuídas à pandemia desde segunda-feira, havendo agora um total de 80.748 óbitos.


A incidência acumulada (contágios) manteve-se hoje estável, pelo terceiro dia consecutivo, nos 92 casos diagnosticados por cada 100.000 habitantes.


As comunidades autónomas com os níveis mais elevados são as de Andaluzia (169), La Rioja (132), País Basco (102), Navarra (101), Catalunha (101), Aragão (83) e Madrid (78).


Nas últimas 24 horas, deram entrada nos hospitais de todo o país 265 pessoas com a doença (298 na terça-feira), das quais 68 na Andaluzia, 38 na Catalunha e 33 em Madrid.


Por outro lado, desceu para 2.504 o número de hospitalizados com covid-19 (2.691), o que corresponde a 2,0% das camas, dos quais 683 pacientes estão em unidades de cuidados intensivos (728), 7,2% das camas desses serviços.


Algumas comunidades autónomas espanholas divulgaram hoje a sua estratégia de abandono gradual da obrigação de usar máscaras, que passa para a possibilidade de começarem a não serem utilizadas no exterior, quando se possa garantir uma distância de segurança de 1,5 metros.


O primeiro-ministro espanhol, Pedro Sánchez, anunciou no fim da semana passada que as máscaras vão deixar de ser obrigatórias nos espaços exteriores em Espanha a partir de sábado, 26 de junho.


Um Conselho de Ministros extraordinário vai decidir esta quinta-feira as regras para não se utilizarem máscaras no exterior.


A pandemia de covid-19 provocou, pelo menos, 3.884.538 vítimas mortais em todo o mundo, resultantes de mais de 179 milhões de casos de infeção diagnosticados oficialmente, segundo o balanço feito pela agência francesa AFP.


Em Portugal, morreram 17.077 pessoas e foram confirmados 868.323 casos de infeção, de acordo com o boletim mais recente da Direção-Geral da Saúde.


A doença respiratória é provocada pelo novo coronavírus SARS-CoV-2, detetado no final de 2019, em Wuhan, uma cidade do centro da China.



FPB // EL


Lusa/fim

Sem comentários

deixar um comentário