20 Setembro 2021, 06:35

Covid-19: França com 26.460 novos casos e 52 mortos nas últimas 24 horas

LUSA Autor
Agência de notícias de Portugal

Paris, 05 ago 2021 (Lusa) — França registou nas últimas 24 horas 26.460 novos casos de covid-19 e 52 mortes, indicaram as autoridades sanitárias no seu balanço diário da pandemia no país.


Estes números elevam para 112.130 o total de mortos desde o início da pandemia e os casos acumulados para 6,23 milhões.


O número de doentes de covid-19 hospitalizados manteve-se hoje em alta, com 8.210 doentes no total, mais 76 que na quarta-feira, e 1.420 em unidades de cuidados intensivos, o que representa um aumento de 49 pessoas num dia.


O ‘site’ da internet VaccinTracker, com dados de quarta-feira, indica que 43,6 milhões de pessoas já receberam em França pelo menos uma dose da vacina e que 36,34 milhões têm a vacinação completa, o que representa um aumento respetivo de 368.596 e de 261.695 pessoas num dia.


A vacinação é uma das principais ferramentas em que o Governo francês está a apostar para travar o avanço da pandemia.


Hoje, o Conselho Constitucional, que zela pelo respeito das normas da lei fundamental do país, autorizou a extensão da apresentação do certificado sanitário para se entrar em cafés, bares, restaurantes e fazer viagens de comboio de longo curso e voos domésticos e determinou a obrigação de vacinação para os profissionais de saúde.


A decisão foi recebida, neste momento, com uma manifestação em Paris e, no próximo sábado, tal como nos três anteriores, preveem-se novos protestos contra tais medidas.


“Em sociedade, porque dependemos uns dos outros, a liberdade não se conjuga no singular. Uma pessoa pode decidir não se vacinar e ficar em casa, mas, se for a sítios onde possa contagiar outras pessoas, deve fazer um teste ou vacinar-se”, disse o Presidente, Emmanuel Macron, num dos vídeos em que, esta semana, responde nas redes sociais a dúvidas dos cidadãos.



A pandemia de covid-19 fez pelo menos 4.247.424 mortos em todo o mundo, entre mais de 200,1 milhões de casos de infeção pelo novo coronavírus, desde que a OMS detetou a doença na China em finais de dezembro de 2019, segundo o balanço da AFP com base em dados oficiais.


Em Portugal, desde o início da pandemia, em março de 2020, morreram 17.422 pessoas e foram registados 979.987 casos de infeção, segundo a Direção-Geral da Saúde.


A doença respiratória é provocada pelo coronavírus SARS-CoV-2, detetado no final de 2019 em Wuhan, cidade do centro da China, e atualmente com variantes identificadas em países como o Reino Unido, Índia, África do Sul, Brasil e Peru.



ANC // PMC


Lusa/Fim

Sem comentários

deixar um comentário