06 Dezembro 2021, 14:48

Covid-19: França supera os 23 mil casos diários com hospitais sob forte pressão

LUSA Autor
Agência de notícias de Portugal

Paris, 09 mar 2021 (Lusa) — A França registou 23.302 novos casos da doença covid-19 nas últimas 24 horas e 298 mortes no mesmo período nos hospitais, que continuam sob pressão com 77,5% das camas em unidades de cuidados intensivos ocupadas, foi hoje divulgado.


Desde o início da crise pandémica, 89.301 pessoas morreram no território francês por causa da doença covid-19 e os casos positivos notificados no país estão a aproximar-se da barreira dos quatro milhões de infetados: 3.932.862 contágios pelo novo coronavírus.


Esta terça-feira, 25.201 doentes covid estavam internados em unidades hospitalares francesas, mais seis face aos indicadores de segunda-feira, segundo as autoridades de saúde locais.


Destes doentes, 3.918 encontram-se em unidades de cuidados intensivos (UCI), mais 69 em comparação com o dia anterior.


A taxa média de ocupação nas UCI em todo o país é de 77,5%, de acordo com a mesma fonte.


A taxa de incidência a nível nacional, num período de sete dias, situa-se atualmente em 219 casos positivos por cada 100.000 habitantes.


Quase metade do território francês está num nível “vermelho”, que indica elevadas taxas de ocupação nos serviços de UCI.


Entre as zonas mais afetadas encontra-se a capital do país, Paris, e os respetivos e populosos subúrbios, que juntos representam cerca de 12 milhões de habitantes (quase 20% de toda a população francesa).


O organismo regional responsável pela gestão sanitária da região parisiense já requereu o reagendamento de 40% das operações não urgentes que estavam previstas nos hospitais públicos e privados daquela zona para que existam mais profissionais de saúde disponíveis para lidar com a crise pandémica.


No campo da vacinação, quatro milhões de pessoas no país já receberam pelo menos uma dose da vacina contra a covid-19, de acordo com fontes do Ministério da Saúde francês.


A pandemia da doença covid-19 provocou pelo menos 2.600.802 mortos no mundo, resultantes de mais de 117 milhões de casos de infeção, segundo um balanço feito pela agência francesa AFP.


Só na Europa, a doença já fez 878.311 mortes em 38.809.591 casos recenseados.


A doença é transmitida por um novo coronavírus (SARS-Cov-2) detetado em dezembro de 2019, em Wuhan, uma cidade do centro da China.



SCA // EL


Lusa/Fim

Sem comentários

deixar um comentário