19 Outubro 2021, 19:49

Covid-19: Hong Kong suspende voos de passageiros vindos do Reino Unido

LUSA Autor
Agência de notícias de Portugal

Hong Kong, China, 21 dez 2020 (Lusa) – O Governo de Hong Kong anunciou hoje a suspensão dos voos de passageiros vindos do Reino Unido devido ao surgimento neste país de uma nova variante do novo coronavírus, que causa a doença covid-19.


“A partir da meia-noite, nenhum voo de passageiros chegará a Hong Kong procedente do Reino Unido”, disse a secretária de Saúde de Hong Kong, Sophia Chan, aos jornalistas.


Todos os passageiros que entram em Hong Kong atualmente devem permanecer 14 dias num hotel específico para a quarentena. As pessoas que estiveram na Grã-Bretanha terão de observar esta quarentena e, em seguida, observar o isolamento de uma semana em casa.


Esta decisão provavelmente afetará um grande número de jovens de Hong Kong que estudam no Reino Unido e pretendiam retornar à cidade por ocasião das férias de fim de ano.


Vários países, incluindo França, Canadá, Holanda, decidiram suspender todas as viagens a partir do Reino Unido, após o aparecimento de uma nova variante do SARS-CoV-2 que seria até 70% mais contagiosa.


Os países da União Europeia (UE) vão reunir-se hoje, ao mais alto nível político, para coordenar respostas à nova variante do SARS-CoV-2 descoberta no Reino Unido, numa reunião de emergência convocada pela presidência alemã do Conselho.


A informação foi avançada no domingo pelo porta-voz da atual presidência alemã da UE, Sebastian Fischer, que numa publicação na sua conta oficial da rede social Twitter indicou que a Alemanha “convidou os Estados-membros para uma reunião urgente” do Mecanismo Integrado da UE de Resposta Política a Situações de Crise (IPCR).


A reunião é realizada por videoconferência, dada a pandemia, e arranca pelas 11:00 de Bruxelas (10:00 em Lisboa), tendo como único ponto da agenda a “coordenação das respostas da UE à recém-identificada variante da covid-19 no Reino Unido”, segundo Sebastian Fischer.


A pandemia de covid-19 provocou pelo menos 1.685.785 mortos resultantes de mais de 76,2 milhões de casos de infeção em todo o mundo, segundo um balanço feito pela agência francesa AFP.


Em Portugal, morreram 6.134 pessoas dos 374.121 casos de infeção confirmados, de acordo com o boletim mais recente da Direção-Geral da Saúde.


A doença é transmitida por um novo coronavírus detetado no final de dezembro de 2019, em Wuhan, uma cidade do centro da China.



CSR // FPA


Lusa/Fim

Sem comentários

deixar um comentário