22 Outubro 2021, 10:54

Covid-19: Incidência acumulada na Alemanha baixa pela primeira vez em dois meses

LUSA Autor
Agência de notícias de Portugal

Berlim, 14 mai 2021 (Lusa) – A incidência acumulada em sete dias caiu na Alemanha abaixo de 100 novos contágios de covid-19 por cada 100 mil habitantes pela primeira vez em quase dois meses, com 80.293 novos casos numa semana, indica o Instituto Robert Koch.  


A incidência baixou para 96,5, depois de registar 103,6 na quinta-feira e 127,5 na semana passada.


A última vez que os valores da incidência acumulada tinham estado abaixo de 100 foi no passado dia 20 de março quando se situou em 99,9 casos.


Na Alemanha, a incidência atingiu o pico, nesta terceira vaga da pandemia, em 26 de abril, quando alcançou as 169,3 novas infeções por 100 mil habitantes; o máximo no país registou-se no dia 22 de dezembro de 2020, com 197,6.


As autoridades sanitárias notificaram 11.336 novos contágios nas últimas 24 horas e 190 óbitos, face a 18.485 novos casos e 284 mortes na sexta-feira passada.


O fator semanal de reprodução (R) está em 0,87, o que significa que cada 100 infetados contagiam em média 87 pessoas.


Na Alemanha morreram 85.848 pessoas de covid-19 desde o início da pandemia e regista-se um total 3.577.040 casos positivos.


Na quinta-feira encontravam-se nas unidades de cuidados intensivos 4.256 doentes com covid-19, sendo que 2.653 dos quais recebem respiração assistida segundo a Associação Interdisciplinar Alemã de Cuidados Intensivos e de Medicina de Urgência (DIVI). 


Até terça-feira 8.320.680 cidadãos na Alemanha receberam as duas doses da vacina (10% da população) e 28.544.440 (34,4%) a primeira dose do composto.


 


PSP // SB


Lusa/Fim


 

Tags

Sem comentários

deixar um comentário