23 Maio 2022, 23:18

Covid-19: Incidência nas crianças com menos de 10 anos aumenta 83% numa semana

LUSA Autor
Agência de notícias de Portugal

As crianças até aos 9 anos são o grupo com a incidência mais elevada de novas infeções pelo coronavírus SARS-CoV-2, que aumentou 83% numa semana, indicam as “linhas vermelhas” da pandemia hoje divulgadas.

A faixa etária com “incidência cumulativa a 14 dias mais elevada correspondeu ao grupo das crianças com menos de 10 anos (12.428 casos por 100 mil habitantes), que foi também o grupo com maior aumento da incidência, em relação à semana anterior (+83%)”, adianta a análise de risco semanal das autoridades de saúde.

Segundo o documento do Instituto Nacional de Saúde Doutor Ricardo Jorge (INSA) e da Direção-Geral da Saúde (DGS), regista-se em Portugal uma tendência crescente da incidência cumulativa nos grupos etários abaixo dos 20 anos, assim como nas pessoas entre os 30 e os 49 anos e acima dos 70 anos.

Os jovens entre os 10 e os 19 anos apresentam a segunda incidência mais elevada de novas infeções, que aumentou 49% no espaço de uma semana, para 10.066 casos por 100 mil habitantes a 14 dias.

“Apesar de a incidência cumulativa a 14 dias no grupo etário dos indivíduos com 80 ou mais anos ter apresentado uma tendência crescente, o valor de 1.811 casos por 100 mil habitantes reflete um risco de infeção mais de três vezes inferior ao apresentado pela população em geral”, referem as “linhas vermelhas”.

Segundo o relatório, na quarta-feira a incidência cumulativa a 14 dias foi de 6.496 casos por 100 mil habitantes em Portugal, indicando uma “intensidade muito elevada e com tendência crescente” de infeções pelo SARS-CoV-2.

Agora que chegou aqui…

Ao longo do último ano, o MUNDO ATUAL tem conquistado cada vez mais leitores.
Nunca quisemos limitar o acesso aos nossos conteúdos, ao contrário do que fazem outros órgãos de comunicação, e mantivemos sempre todas as notícias, reportagens e entrevistas abertas para que todos as pudessem ler.
Mas precisamos do seu apoio. Para que possamos, diariamente, continuar a oferecer-lhe a melhor informação, não só nacional como local, assim como para podermos fazer mais reportagens e entrevistas do seu interesse.
O MUNDO ATUAL é um órgão de comunicação social independente e isento. E acreditamos que para que possamos continuar o nosso caminho, que tem sido de sucesso e de reconhecimento, é importante que nos possa ajudar neste caminho que iniciámos há um ano.
Desta forma, por tão pouco, com apenas 1€, pode apoiar o MUNDO ATUAL.

Obrigado!

Tags

Sem comentários

deixar um comentário