27 Setembro 2021, 22:56

Covid-19: Mais 364 mortes em África nas últimas 24 horas

LUSA Autor
Agência de notícias de Portugal

Lisboa, 19 jun 2021 (Lusa) – Mais 364 mortes associadas à covid-19 foram registadas em África em 24 horas, um número muito inferior ao dos novos casos, de acordo com os dados oficiais mais recentes hoje divulgados.


Segundo o Centro de Controlo e Prevenção de Doenças da União Africana (África CDC), o número total de mortes no continente desde o início da pandemia é agora 136.810.


Nas últimas 24 horas registaram-se 22.228 novos casos, elevando o total a 5.160.473, enquanto os recuperados da doença foram 17.101, dos 4.590.617 contabilizados.


A África Austral continua a ser a região mais afetada do continente, com 2.273.189 casos e 67.565 óbitos associados à covid-19. Nesta região encontra-se o país mais atingido pela pandemia, a África do Sul, que contabiliza 1.796.589 casos e 58.441 mortes.


O Norte de África, que sucede à África Austral nos números da covid-19, atingiu hoje 1.527.771 infetados com o vírus SARS-CoV-2 e 46.343 mortes associadas à doença.


A África Oriental contabiliza 693.035 infeções e 13.606 mortos, e a região da África Ocidental regista 480.144 casos de infeção e 6.365 mortes.


A África Central é a que regista menos casos de infeção e de mortes: 186.334 e 2.931, respetivamente.


O Egito, segundo país africano com mais vítimas mortais a seguir à África do Sul, regista 15.791 mortes e 276.190 infetados, seguindo-se a Tunísia, com 13.874 óbitos e 378.982 casos, enquanto Marrocos, que contabiliza o segundo maior número de infeções em todo o continente, com 525.924 casos, regista 9.233 óbitos associados à doença.


Entre os países mais afetados estão também a Etiópia, com 4.276 vítimas mortais e 274.899 infeções, e a Argélia, com 3.746 óbitos e 135.219 infetados.


Em relação aos países de língua oficial portuguesa, Angola contabiliza 853 mortes associadas à doença e 37.467 infetados acumulados desde o início da pandemia. Moçambique regista 844 óbitos e um total de 72.123 casos de infeção acumulados.


Entre os restantes países africanos com língua oficial portuguesa, Cabo Verde regista 281 mortes associadas à doença e 31.910 casos de infeção, a Guiné Equatorial 168 óbitos e 23.450 casos, a Guiné-Bissau contabiliza 69 mortos e 3.824 casos e São Tomé e Príncipe 37 mortos e 2.360 casos de infeção.


O primeiro caso de covid-19 em África surgiu no Egito, em 14 de fevereiro de 2020, e a Nigéria foi o primeiro país da África subsaariana a registar casos de infeção, em 28 de fevereiro.


A pandemia de covid-19 provocou, pelo menos, 3.853.859 mortos no mundo, resultantes de mais de 177,7 milhões de casos de infeção, segundo um balanço feito pela agência francesa AFP.


Em Portugal, morreram 17.062 pessoas dos 864.109 casos de infeção confirmados, de acordo com o boletim mais recente da Direção-Geral da Saúde.


A doença é transmitida pelo novo coronavírus SARS-CoV-2, detetado no final de 2019, em Wuhan, uma cidade do centro da China.



FCC // PA


Lusa/Fim

Sem comentários

deixar um comentário