20 Agosto 2022, 04:13

Quase 200 mil pessoas receberam vacinação completa em Portugal Continental

LUSA Autor
Agência de notícias de Portugal

Quase 200 mil pessoas tinham recebido, até domingo, as duas doses da vacina contra a covid-19 em Portugal Continental e cerca de 330 mil a primeira dose, anunciou a Direção-Geral da Saúde (DGS).

De acordo com informação disponível no primeiro relatório de monitorização da vacinação contra a covid-19 em Portugal Continental, hoje divulgado, 199.511 pessoas foram vacinadas com as duas doses e 332.762 com uma dose, entre 27 de dezembro de 2020 e 14 de fevereiro.

A maioria dos que já têm a vacinação completa têm entre os 24 e os 49 anos (84.231), seguindo-se as faixas etárias 50-64 anos (48.716) e 80 ou mais anos (42.991).

Em relação às pessoas vacinadas com uma dose, a maioria está também na faixa etária 24-49 anos (131.874), seguindo-se pessoas com 80 ou mais anos (79.774) e entre os 50 e os 64 anos (77.595).

Em termos territoriais, é na região Norte que se concentra o maior número de pessoas com a vacinação completa (68.320), seguindo-se as regiões de Lisboa e Vale do Tejo (57.536), Centro (50.116), Alentejo (16.873) e Algarve (6.231).

Já em relação ao número de pessoas vacinadas com a primeira dose, é Lisboa e Vale do Tejo que lidera com 110.652, seguindo-se as regiões Norte (103.460), Centro (78.454), Alentejo (27.073) e Algarve (12.449).

O relatório hoje divulgado foi produzido pela DGS “em articulação com a ‘task-force’ da vacinação e em colaboração com os Serviços Partilhados do Ministério da Saúde (SPMS)” e “será publicado todas as terças-feiras, com dados referentes à semana anterior (de segunda-feira às 00:00 a domingo às 23:59)”.

De acordo com o presidente da SPMS, Luís Goes Pinheiro, em declarações à Lusa, mais de 183 mil pessoas utilizaram desde domingo o simulador ‘online’ para consultar as listas de vacinação contra a covid-19.

O simulador, disponível no portal covid-19, permite saber se os cidadãos com mais de 80 anos, ou entre os 50 e os 79 com uma de quatro doenças (insuficiência cardíaca, doença coronária, insuficiência renal e doença respiratória crónica) estão incluídos nas listas da primeira fase da vacinação.

Em todo o mundo, já foram administradas cerca de 177 milhões de doses de vacinas, um aumento de cerca de 20% em relação à semana passada, de acordo com dados recolhidos pela universidade norte-americana Johns Hopkins e hoje divulgados.

Na Europa, já foram administradas mais de 20 milhões de doses de vacinas contra a covid-19, tendo sido distribuídas pelos Estados-membros mais de 26 milhões, segundo informação disponível no ‘site’ oficial do Centro Europeu para a Prevenção e Controlo de Doenças.

Sem comentários

deixar um comentário