19 Setembro 2021, 15:51

Covid-19: Reino Unido intensifica vacinação devido à variante Delta 

LUSA Autor
Agência de notícias de Portugal

Londres, 23 jun 2021 (Lusa) – O Reino Unido registou 16.135 novos casos de covid-19 nas últimas 24 horas, um máximo desde 06 de fevereiro, e 19 mortes, de acordo com os dados atualizados do Governo britânico, que intensificou a vacinação devido à variante Delta.


Na terça-feira tinha notificado 27 mortes e 11.625 novos casos. 


O aumento significativo de infeções associado à variante Delta levou o Governo a urgir os jovens maiores de 18 anos a agendarem rapidamente a imunização contra a covid-19. 


Nos últimos dias, “foram feitas seis marcações por segundo”, revelou o ministro responsável pela vacinação, Nadhim Zahawi, numa conferência de imprensa, saudando as imagens de jovens à espera em fila junto a estádios desportivos onde foram instalados grandes centros de vacinação. 


Segundo o ministro, quase metade do grupo entre os 25-29 anos e um terço daqueles entre os 18 e 24 anos já receberam a primeira dose. 


“Os últimos dados mostram que a vacinação evitou mais de 40.000 mortes e 44.500 hospitalizações” no Reino Unido, vincou. 


Segundo o ministro, em janeiro a maioria dos pacientes internados eram maiores de 65 anos, mas nesta vaga este grupo etário representa menos de um terço dos internados enquanto mais de 70% são menores de 65 anos. 


De uma amostra de pessoas hospitalizadas infetadas com a variante Delta, mais 60% não estavam vacinados e menos de 10% estavam totalmente imunizados com duas doses, referiu Zahawi. 


“A nossa missão agora é conseguir proteger o máximo de pessoas possível e o mais rápido possível”, afirmou. 


Desde dezembro foram inoculadas 43.448.680 pessoas, o que corresponde a 82,5% da população adulta, e 31.740.115 milhões de pessoas, ou 60,3% da população adulta, já receberam também a segunda dose.


Nos últimos sete dias, entre 17 e 23 de junho, a média diária foi de 14 mortes e 11.354 casos, o que corresponde a uma subida de 53% no número de mortes e de 43,9% no número de infeções relativamente aos sete dias anteriores.


A média diária de pessoas hospitalizadas foi de 224 nos sete dias entre 13 e 19 de junho, um aumento de 24,8% face aos sete dias anteriores. 


Desde o início da pandemia, foram notificados 128.027 óbitos de covid-19 num total de 4.667.870 infeções confirmadas no Reino Unido.


A pandemia de covid-19 provocou, pelo menos, 3.884.538 vítimas mortais em todo o mundo, resultantes de mais de 179 milhões de casos de infeção diagnosticados oficialmente, segundo o balanço feito pela agência francesa AFP.


Em Portugal, morreram 17.077 pessoas e foram confirmados 868.323 casos de infeção, de acordo com o boletim mais recente da Direção-Geral da Saúde.


A doença respiratória é provocada pelo novo coronavírus SARS-CoV-2, detetado no final de 2019, em Wuhan, uma cidade do centro da China.



BM // EL


Lusa/fim

Sem comentários

deixar um comentário