20 Agosto 2022, 05:50

Covid-19: Reino Unido regista redução de mortes pelo terceiro dia

LUSA Autor
Agência de notícias de Portugal

Londres, 11 dez 2020 (Lusa) – O Reino Unido registou 424 mortes, uma descida pelo terceiro dia consecutivo, e 21.672 novos casos de covid-19 nas últimas 24 horas, segundo o Ministério da Saúde britânico.


Na quinta-feira tinham sido notificadas 516 mortes e 20.964 novos casos.


Atualmente, a média diária dos últimos sete dias é de 415 mortes e 17.004 infeções. 


Desde o início da pandemia de covid-19, o Reino Unido contabilizou oficialmente 63.506 mortes de covid-19 e 1.809.455 casos.


Na atualização semanal, o governo indicou que índice de transmissibilidade efetivo (Rt) no Reino Unido aumentou ligeiramente para entre 0,9 e 1, o que significa que, em média, cada 10 pessoas infetadas vão contagiar entre 09 e 10 outras pessoas.


Na semana passada, o Rt estava entre 0,8 e 1.


O Grupo de Aconselhamento Científico para Emergências [SAGE] do governo referiu também não estar confiante de que o índice esteja abaixo de 1 em todas as regiões, particularmente em Londres e partes do Sudeste, onde os contágios têm estado a aumentar.


A taxa de crescimento, que estima a rapidez com que o número de infeções muda diariamente, está entre 2% negativos e zero para o Reino Unido como um todo, o que significa que o número de novas infeções está a diminuir entre zero e 2% todos os dias.


O relatório do Sage sublinha que os números publicados representam com mais precisão a situação média nas últimas semanas do que a situação atual.


Entretanto, os diretores médicos das quatro nações do Reino Unido (Inglaterra, Escócia, País de Gales e Irlanda do Norte) anunciaram que o período de tempo durante o qual as pessoas devem ficar em isolamento profilático, após estarem em contacto com alguém infetado com covid-19 ou depois de chegar ao Reino Unido de um país sujeito a quarentena, foi reduzido de 14 para 10 dias.


Esta medida aplica-se a Portugal que está atualmente fora dos “corredores de viagem internacionais” estabelecidos pelo Ministério dos Transportes britânico com destinos considerados de menor risco. 


A partir de 15 de dezembro entra em vigor o novo sistema de redução de quarentena, em que as pessoas que chegam do estrangeiro podem reduzir o período de quarentena para cinco dias sem resultado de um teste, pago às suas custas, for negativo. 


 


BM // EL


Lusa/fim 

Sem comentários

deixar um comentário