29 Junho 2022, 22:32

Covid-19: Rússia continua a bater recordes diários de infeções com mais de 177 mil contágios

LUSA Autor
Agência de notícias de Portugal

Moscovo, 05 fev 2022 (Lusa) — A pandemia de covid-19 na Rússia continua a bater recordes de infeções diárias com 177.282 nas últimas 24 horas, mais nove mil casos do que no dia anterior, segundo as autoridades de saúde informaram hoje.


Destes, 18.032 doentes de covid-19 tiveram de ser internados, aos quais acrescem 714 óbitos.


Como o Governo reconheceu esta semana, a variante Ómicron espalhou-se por todo o país, embora em metade das regiões tenha havido uma diminuição do número de internamentos.


Quanto a Moscovo, foram registados 22.444 casos nas últimas 24 horas, uma queda de 10% em relação ao dia anterior, e 82 mortes, mais três do que na sexta-feira.


O número de positivos na Rússia, que totalizou 12.630.047 infeções desde março de 2020, disparou em meados de janeiro com o fim dos feriados de Ano Novo.


Embora a situação seja considerada “tensa”, as autoridades de saúde consideram que a dinâmica aponta para uma estabilização do número de infetados pelo coronavírus.


Em meados de janeiro, a Câmara Municipal de Moscovo recomendou que as pessoas com mais de 60 anos e pessoas com doenças crónicas ficassem em casa.


Também pediu às empresas que reintroduzissem o teletrabalho para o maior número possível de trabalhadores, a fim de evitar multidões nos transportes públicos.


No entanto, o Presidente russo, Vladimir Putin, descartou medidas drásticas como confinamentos ou a paralisação de setores económicos para lidar com a nova onda de infeções.



RCP // EA


Lusa/fim

Sem comentários

deixar um comentário