06 Fevereiro 2023, 06:07

Covid-19: Rússia ultrapassa os quatro milhões de infetados

LUSA Autor
Agência de notícias de Portugal

Moscovo, 10 fev 2021 (Lusa) – A Rússia já ultrapassou os quatro milhões de casos de infeção pelo SARS-CoV-2, segundo os dados hoje fornecidos pelo comité governamental criado para tratar da pandemia do novo coronavírus no país.


As estatísticas oficiais indicam que, até ao momento, 4.012.770 casos positivos para o novo coronavírus foram registados na Rússia.


Nas últimas 24 horas, foram registadas 14.494 novas infeções no país, o menor número desde meados de outubro do ano passado, e 536 mortes.


A cidade de Moscovo, que acumula cerca de 950.000 casos, adicionou 1.441 infeções no último dia, o menor número desde setembro passado.


De acordo com o centro operacional de combate ao coronavírus, 78.234 pessoas já morreram devido à covid-19 no país.


No entanto, de acordo com a Rosstat, a agência estatal russa de estatísticas, em 2020 a mortalidade aumentou 18%, ou seja, morreram 323.800 pessoas a mais do que no ano anterior, metade delas infetadas pelo novo coronavírus.


De acordo com esses dados, entre abril e dezembro de 2020, 103.968 russos tiveram como causa principal da sua morte o novo coronavírus, enquanto outras 58.281 pessoas infetadas morreram de doenças associadas.


A vice-primeira-ministra russa, Tatiana Golíkova, alertou que as estatísticas de Rosstat ainda são preliminares e devem ser ainda analisadas.


Tatiana Golíkova explicou que esses dados também incluem pessoas que se recuperaram da covid-19 e depois morreram de outras doenças.


A pandemia de covid-19 provocou, pelo menos, 2,3 milhões de mortos no mundo, resultantes de mais de 106,4 milhões de casos de infeção, segundo um balanço feito pela agência francesa AFP.



CSR // FPA


Lusa/Fim

Sem comentários

deixar um comentário