29 Novembro 2021, 20:22

Covid-19: Soyo ganha hospital de campanha para tratamento de infetados com coronavírus

LUSA Autor
Agência de notícias de Portugal

Luanda, 22 mar 2021 (Lusa) — A embaixadora dos Estados Unidos da América (EUA) em Angola, Nina Maria Fite, vai entregar formalmente ao Governo angolano, na quinta-feira, um hospital de campanha para tratamento de doentes com covid-19, no município do Soyo, província do Zaire.


O hospital de campanha, doado pelo Comando das Forças Armadas para a África dos EUA (Africom), está instalado nas instalações adjacentes ao hospital municipal do Soyo, e tem capacidade para internamento de 40 pacientes, segundo uma nota da embaixada norte-americana.


O hospital está instalado com um sistema de pressão negativa e tecnologia de filtragem de ar, que isola os pacientes e evita que o vírus ou doenças infecciosas se espalhem enquanto os pacientes estão a ser tratados.


Em 25 de março, antes e depois da entrega formal e da inauguração do hospital de campanha, a chefe da missão dos EUA em Angola doará caixas de livros diversos à Mediateca local (forte parceira da embaixada norte-americana) e visitará o local onde será construída a futura refinaria do Soyo.


 Angola totaliza desde o início da pandemia 21.733 casos, dos quais 527 óbitos, 20.073 recuperaram e 1.133 estão ativos (incluindo nove em estado crítico e 13 graves).


A pandemia de covid-19 provocou, pelo menos, 2.716.035 mortos no mundo, resultantes de mais de 123 milhões de casos de infeção, segundo um balanço feito pela agência francesa AFP.


A doença é transmitida por um novo coronavírus detetado no final de 2019, em Wuhan, uma cidade do centro da China.



RCR // LFS


Lusa/Fim

Sem comentários

deixar um comentário