04 Dezembro 2021, 05:15

Turquia substitui Canadá no calendário do Mundial de Fórmula 1

LUSA Autor
Agência de notícias de Portugal

Redação, 28 abr 2021 (Lusa) — A edição de 2021 do Grande Prémio do Canadá de Fórmula 1 foi cancelado, devido à pandemia de covid-19, e substituído no calendário pela Turquia, que vai acolher a corrida em 13 de junho, anunciou hoje a organização.

“A Fórmula 1 confirmou a mudança da sétima etapa do calendário de 2021, com o Grande Prémio da Turquia a substituir o Grande Prémio do Canadá, no fim de semana de 11 a 13 de junho”, lê-se no sítio oficial na Internet da competição.

O cancelamento da prova prevista para o circuito Gilles Villeneuve, em Montreal, entre 11 e 13 de junho, ficou a dever-se às restrições impostas no combate à disseminação do novo coronavírus, nomeadamente a imposição de quarentena obrigatória de 14 dias à entrada no país.

“Estamos agradecidos pelos esforços nas últimas semanas do promotor e das autoridades no Canadá, de Quebec e Montreal, para tentarem que a corrida acontecesse e temos o prazer de anunciar um prolongamento da nossa parceira com o Grande Prémio do Canadá por mais dois anos”, acrescentou o mesmo comunicado.

A prova canadiana, que, desde 1963, apenas não integrou o calendário em três ocasiões (1975, 1987 e 2009), já tinha sido cancelada em 2020, devido à pandemia.

A Turquia volta a receber a Fórmula 1, depois de ter acolhido a competição em 15 de novembro de 2020 — quando o britânico Lewis Hamilton (Mercedes) assegurou o seu sétimo título de campeão do mundo –, após a reformulação do calendário, tal como sucedeu com o Grande Prémio de Portugal.

“Sei que todos os nossos fãs estão entusiasmados com o emocionante início da temporada e a Turquia é um grande circuito, que vai promover grandes batalhas em pista”, segundo Stefano Domenicali, diretor-executivo e presidente da Fórmula 1.

A próxima etapa do Mundial de Fórmula 1 vai ser o Grande Prémio de Portugal, entre sexta-feira e domingo, pelo segundo ano consecutivo no Autódromo Internacional do Algarve (AIA), em Portimão.

Após duas corridas, Hamilton lidera a classificação de pilotos, com 44 pontos, graças à vitória no Bahrain e à volta mais rápida em Itália, mais um do que o holandês Max Verstappen, vencedor em Imola.

O calendário do Mundial de 2021 prevê um recorde de 23 provas, a última das quais em Abu Dhabi, em 12 de dezembro.

JP // AMG

Lusa/Fim

Sem comentários

deixar um comentário