27 Janeiro 2022, 23:39

Covid-19: Vizela revela que vai a jogo com FC Porto apesar dos 16 indisponíveis

Mundo Atual AdministratorKeymaster

O Vizela informou que o jogo com o FC Porto, dos quartos de final da Taça de Portugal de futebol, marcado para hoje, vai-se realizar, apesar dos 16 jogadores indisponíveis, a maioria devido a um surto do coronavírus.

Além dos cinco futebolistas lesionados, do castigado Koffi Kouao e da presença do guarda-redes Manuel Balde na Taça das Nações Africanas, pela seleção da Guiné-Bissau, os minhotos registaram 12 testes positivos ao novo coronavírus na ronda de despistagem de terça-feira, nove dos quais referentes a atletas, mas o clube admitiu que estão reunidas as condições regulamentares para se jogar.

PUB – CONTINUE A LER A SEGUIR



“Tendo o FC Vizela número suficiente de jogadores disponíveis para cumprir os regulamentos, entre jogadores da equipa principal, sub-23 e sub-19, o jogo desta noite [hoje] vai realizar-se, ainda que com as limitações inerentes a todo este processo e às baixas acumuladas”, lê-se no comunicado emitido pelo clube vizelense.

Na sequência dos casos de infeção, a SAD do Vizela contactou “a autoridade de saúde local” na terça-feira e solicitou ao FC Porto o adiamento do jogo, pedido recusado no mesmo dia, “enquanto aguardava os resultados laboratoriais dos testes PCR”, prossegue a nota.

Esses testes confirmaram os resultados positivos e revelaram ainda mais 11 testes inconclusivos, que viriam a repetir na manhã de hoje e a provar-se serem negativos, lê-se.

Pelo meio, a “autoridade de saúde” enviou para isolamento “todos os [jogadores com testes] positivos”, bem como os “coabitantes”, sem “decretar qualquer outra medida de isolamento aos restantes contactos”, refere ainda o comunicado.

O Vizela detalha também que a equipa técnica liderada por Álvaro Pacheco cancelou o treino previsto para a manhã de hoje e, a meio da tarde, reuniu “os jogadores com que pode contar” para o “estágio possível”, de forma a “se apresentar com a alma e a ambição de sempre”.

Tags

Sem comentários

deixar um comentário