09 Dezembro 2021, 04:51

Crescimento da China abranda no terceiro trimestre com crises na construção e na energia

LUSA Autor
Agência de notícias de Portugal

Pequim, 18 out 2021 (Lusa) – O ritmo de crescimento da economia chinesa abrandou, no terceiro trimestre, com a crise na construção e as restrições oficiais sobre o uso de energia pelas fábricas a pesarem na recuperação do país, foi hoje anunciado.


A segunda maior economia do mundo cresceu 4,9%, em relação ao mesmo período do ano anterior, nos três meses entre junho e setembro, quando no trimestre anterior tinha registado uma subida de 7,9%, de acordo com os dados do Governo chinês.


A produção nas fábricas, as vendas no retalho e o investimento na construção e em outros ativos fixos enfraqueceram.


 


JPI // EJ


Lusa/Fim

Tags

Sem comentários

deixar um comentário