02 Julho 2022, 12:17

Del Potro escolheu Buenos Aires para regressar e abandonar ‘courts’

LUSA Autor
Agência de notícias de Portugal

Buenos Aires, 05 fev 2022 (Lusa) — O argentino Juan Martín del Potro vai pôr termo à sua carreira de tenista no final do torneio de Buenos Aires, que começa na segunda-feira e no qual vai regressar aos ‘courts’ após dois anos e meio.


Aos 33 anos, o tenista natural de Tandil anunciou a decisão na conferência de imprensa de antevisão do torneio argentino, no qual vai defrontar na primeira ronda o seu compatriota Federico Delbonis.


Del Potro, vencedor de 22 torneios do circuito ATP, entre os quais o Estoril Open em 2011 e 2012, justificou a despedida do ténis com a lesão no joelho direito.


“Esta é uma das mensagens mais difíceis que me cabem transmitir. Vou retirar-me do ténis. Vivi um pesadelo com o joelho e tentei tudo para recuperar, mas não foi possível. Nunca imaginei um abandono sem ser a jogar e não encontrei melhor torneio do que o de Buenos Aires para o fazer”, afirmou Del Potro.


‘Delpo’ tinha revelado a esperança de voltar à competição em Buenos Aires e, também, no Rio de Janeiro.


O vencedor do Estoril Open em 2011 e 2012 parecia, com o anúncio do regresso, ter recuperado da operação a que foi submetido em março passado, a quarta ao joelho direito desde junho de 2019.


Del Potro lesionou-se no joelho no Masters 1.000 de Xangai, em outubro de 2018, mas continuou a competir até ser operado pela primeira vez.


O percurso do campeão do Open dos Estados Unidos de 2009 e antigo número três do mundo foi condicionado por insistentes lesões.


Além da complicada lesão no joelho, Del Potro, atual 757.º da hierarquia ATP, teve várias lesões nos pulsos, tendo sido intervencionado por uma vez ao pulso direito e outras três ao esquerdo.


Medalha de prata no Rio2016 e bronze em Londres2012, o tenista conhecido pelo nome de ‘Torre de Tandil’, em referência à sua altura (tem quase dois metros) e à sua cidade natal, é um dos mais acarinhados e populares jogadores do circuito mundial.



JP/AMG // JP


Lusa/Fim

Sem comentários

deixar um comentário