29 Janeiro 2022, 01:51

Desfalcado Arouca quer dar prenda aos adeptos com triunfo na receção ao Braga

LUSA Autor
Agência de notícias de Portugal

Arouca, Aveiro, 29 dez 2021 (Lusa) — O treinador do Arouca quer fechar o ano com uma vitória para os adeptos na receção ao Sporting de Braga, da I Liga de futebol, apesar das ausências no ‘miolo’ que podem levar a uma alteração no desenho tático.


“Vai ser um jogo em que as duas equipas vão procurar ganhar. O Sporting de Braga luta por objetivos diferentes dos nossos, tem lutado pelos três primeiros lugares e marcado presença nas competições europeias nos últimos anos, isso demonstra a ambição que tem. A nossa não vai ser menor, porque queremos fechar o ano com uma vitória e boa exibição”, afiançou Armando Evangelista.


Na conferência de antevisão ao encontro da 16.ª jornada da I Liga, o técnico referiu a derrota no último jogo caseiro (frente ao Vizela por 4-1) e a resposta dada na deslocação a Portimão (empate 1-1), na qual viu a equipa a ser “consistente, com oportunidades de golo e a discutir o resultado”.


Sobre os ‘arsenalistas’, que têm uma vitória nos últimos cinco jogos, destacou os “bons executantes, habituados a momentos de pressão, um treinador experiente que sabe perfeitamente lidar com momentos menos positivos”, aludindo às eliminações da Taça da Liga e Taça de Portugal.


“Sentem-se muito confortáveis com bola, atraindo adversários para dar espaços aos homens da frente que são muito rápidos. A solução é coloca-los no desconforto, tirar-lhes a bola e segurá-la”, declarou.


No entanto, a tarefa do Arouca é complicada pelas ausências no meio-campo: os titulares Eboué Kouassi e Leandro Silva estão castigados, Marco Soares está ao serviço de Cabo Verde na Taça das Nações Africanas e Pedro Moreira está em dúvida, restando apenas Eugeni e Pité, dois médios de características ofensivas.


“Vai depender do que temos disponível na quinta-feira. Podemos jogar com dois avançados ou meter mais um homem na defesa para equilibrar os espaços. A ideia seria colocar mais um defesa central e jogar com uma linha de três ou acrescentar um homem na frente e jogar em 4-4-2”, revelou.


Também de fora das opções estão Brunão (infetado com o coronavírus), Tiago Esgaio (emprestado pelo Sporting de Braga) e os lesionados Yaw Moses, Fernando Castro e Sema Velázquez.


No entanto, Armando Evangelista disse que “não adianta lamentar os que estão em casa” para não tirar valor aos que vão jogar, já que “todos têm que sentir que são tão importantes” e quer “todos os disponíveis com mentalidade ganhadora”, antes de falar sobre a possibilidade de reforços.


“Se o mercado nos mostrar que poderá haver um jogador que possa acrescentar, não viramos as costas a isso. Depende do mercado, o Arouca não é um clube com dinheiro para poder escolher, depende do que nos possa oferecer. Se esses atletas acrescentarem, estamos recetivos a melhorar”, vincou.


O Arouca, 12.º classificado, com 14 pontos, recebe o Sporting de Braga, no quarto lugar, com 28, em partida agendada para as 19:00 de quinta-feira, no Estádio Municipal de Arouca, com arbitragem de Manuel Oliveira, da Associação de Futebol do Porto.



AXYG // AMG


Lusa/Fim

Sem comentários

deixar um comentário