05 Fevereiro 2023, 18:30

Desportivo de Chaves quer vencer FC Porto e afirmar presença na Taça da Liga

LUSA Autor
Agência de notícias de Portugal

Agora que chegou aqui…

Ao longo do último ano, o MUNDO ATUAL tem conquistado cada vez mais leitores.
Nunca quisemos limitar o acesso aos nossos conteúdos, ao contrário do que fazem outros órgãos de comunicação, e mantivemos sempre todas as notícias, reportagens e entrevistas abertas para que todos as pudessem ler.
Mas precisamos do seu apoio. Para que possamos, diariamente, continuar a oferecer-lhe a melhor informação, não só nacional como local, assim como para podermos fazer mais reportagens e entrevistas do seu interesse.
O MUNDO ATUAL é um órgão de comunicação social independente e isento. E acreditamos que para que possamos continuar o nosso caminho, que tem sido de sucesso e de reconhecimento, é importante que nos possa ajudar neste caminho que iniciámos há um ano.
Desta forma, por tão pouco, com apenas 1€, pode apoiar o MUNDO ATUAL.

Obrigado!

PUB – CONTINUE A LER A SEGUIR



O treinador do Desportivo de Chaves disse hoje que quer vencer o FC Porto para continuar a lutar pela permanência na Taça da Liga de futebol, na segunda jornada que antevê “extremamente importante” para ambas as equipas.

“Creio que o jogo de amanhã [quinta-feira] será extremamente importante quer para nós, quer para o FC Porto. Como é óbvio, sabemos que vencendo amanhã ficamos bem posicionados para nos podermos qualificar [e] tudo vamos fazer para levar de vencido este nosso adversário”, garantiu Vítor Campelos na conferência de imprensa de antevisão da segunda jornada do Grupo A da Taça da Liga.

A formação transmontana quer, assim, mudar o ‘histórico’ do grupo que, até agora, só tem registado empates, e somar os primeiros três pontos na competição perante um adversário “desfalcado” devido ao Mundial2022 de futebol.

“Vamos defrontar um FC Porto que é sempre valoroso. Como eu sempre digo, todos juntos somos mais fortes e, como é óbvio, o FC Porto seria mais se tivesse o Pepe e o Otávio, mas é um adversário de enorme valia porque todos os jogadores que tem no plantel são de excelente qualidade e, por isso, amanhã [quinta-feira] teremos de ser um Chaves ao nosso melhor nível”, vincou o treinador.

Do lado dos ‘visitados’, por sua vez, Vítor Campelos volta a poder contar com Steven Vitória que regressou, recentemente, do Qatar após a seleção do Canadá ter sido eliminada do Mundial2022 de futebol. Porém, ainda que não tenha revelado lista de convocados, Carlos Ponck e João Mendes, castigados, são baixas certas.

Embora, para as contas do principal escalão do futebol nacional, o Desportivo de Chaves tenha perdido no Dragão (3-0), e espere, agora, para a Taça da Liga, “dificuldades máximas”, as vitórias nos terrenos de Sporting (2-0) e Sporting de Braga (1-0) ainda estão bem vivas na memória do plantel às ordens do treinador vimaranense.

“Desde o início da época sinto os nossos jogadores muito motivados pelo facto de estarmos a jogar na I Liga, por muito deles terem sonhos que esperam concretizar a curto prazo. Temos jogadores com muita qualidade, têm demonstrado isso durante os jogos e, por isso, temos conseguido alguns resultados [como esses]. Sabemos que vamos defrontar um adversário muito valoroso como é o FC Porto, mas temos de estar muito confiantes para aquilo que podemos e vamos fazer”, frisou Vítor Campelos.

Ainda que o “foco” da ‘turma’ flaviense seja o campeonato, Vítor Campelos afirmou que é desígnio da equipa lutar pela continuidade na Taça da Liga.

“Temos de ser sinceros: o nosso foco, como é óbvio, é o campeonato e estamos muito focados [nele]. Como é óbvio, na Taça da Liga queremos chegar o mais longe possível e é isso que vamos fazer amanhã [na quinta-feira], dar o nosso máximo, até porque jogamos em nossa casa, perante os nossos adeptos e sabemos que, ganhando, ficamos bem posicionados”, concluiu.

O Desportivo de Chaves recebe o FC Porto na quinta-feira, às 19:00, no Estádio Municipal Engenheiro Manuel Branco Teixeira, em encontro da segunda jornada do Grupo A da Taça da Liga de futebol, arbitrado por Cláudio Pereira, da associação de Aveiro.

Sem comentários

deixar um comentário