16 Agosto 2022, 18:08

Dívida das famílias, empresas e Estado sobe para 782.500 ME de fevereiro para março

LUSA Autor
Agência de notícias de Portugal

Redação, 19 mai 2022 (Lusa) — O endividamento do setor não financeiro (administrações públicas, empresas e particulares) aumentou 5.100 milhões de euros em março, face a fevereiro, para 782.500 milhões de euros, informou hoje o Banco de Portugal (BdP).


Segundo o BdP, o endividamento do setor público (administrações públicas e empresas públicas) subiu 1.800 milhões de euros, para 350.600 milhões de euros, referindo que a subida resultou, sobretudo, no crescimento do endividamento perante o exterior em 700 milhões de euros, enquanto o endividamento junto do setor financeiro e das administrações públicas cresceu 600 milhões de euros em ambos os casos.


Quanto ao endividamento do setor privado (empresas privadas e particulares) aumentou 3.300 milhões de euros, para 431.800 milhões de euros, principalmente junto do setor privado.


Em março, o endividamento das empresas privadas subiu 2.700 milhões de euros, sobretudo junto do exterior e do setor financeiro (1.500 e 1.100 milhões de euros, respetivamente).


Quanto a taxas de variação, em março, o endividamento das empresas privadas cresceu 5% face a março de 2021, numa aceleração de 0,7 pontos percentuais em relação ao mês anterior.


Quanto ao endividamento total dos particulares, aumentou 3,9% relativamente ao período homólogo, mais 0,2 pontos percentuais do que em fevereiro.



IM // MSF


Lusa/Fim

Sem comentários

deixar um comentário