09 Setembro 2022, 06:06

DP World Tour confirma Portugal Masters em outubro

LUSA Autor
Agência de notícias de Portugal

Redação, 12 ago 2022 (Lusa) — O DP World Tour anunciou hoje a realização da 16.ª edição do Portugal Masters, único torneio português do Circuito Europeu, entre 27 e 30 de outubro, no traçado de Par 72 do Dom Pedro Victoria Golf Course, em Vilamoura.


Dotado de 1,75 milhões de euros, o Portugal Masters encerrará o ‘Iberian Swing’ da fase final da temporada, após três semanas de provas em Espanha, com a realização do Open de Espanha, o Andalucia Masters e Mallorca Golf Open.


“O Dom Pedro Victoria Golf Course tem proporcionado imenso drama desportivo e entusiasmo ao longo dos anos. Estamos, por isso, encantados por regressar pelo 16.º ano consecutivo a este campo como palco do Portugal Masters”, avançou Ben Cowen, chief Tournament Business Officer no DP World Tour.


Já Stefano Saviotti, chairman da unidade hoteleira que vai receber a prova, não escondeu a satisfação pela opção de o DP World Tour manter o torneio no traçado algarvio.


“Este tem sido um grande ano para a Dom Pedro Hotels & Golf Collection e sermos, uma vez mais, os anfitriões do DP World Tour no nosso campo de golfe e nos nossos hotéis, permite-nos reforçar a reputação de Vilamoura como um dos destinos de golfe mais requisitados na Europa. Estamos desejosos de receber um evento tão notável e de coroarmos o campeão de 2022”, comentou Saviotti.


O atual campeão do Portugal Masters é o belga Thomas Pieters, que, há um ano, venceu no Victoria Golf Course com 19 pancadas abaixo do Par e duas de vantagem sobre o francês Matthieu Pavon e os dinamarqueses Lucas Bjerregard, vencedor em 2017, e Nicolai Hojgaard.


“Acolhermos de novo este reconhecido evento internacional, confirma que Portugal tem, não só, as condições perfeitas para qualquer golfista jogar e treinar, mas também a capacidade e as infraestruturas para albergar eventos da mais elevada exigência internacional”, o presidente do Turismo de Portugal, Luís Araújo.



SRYS // NFO


Lusa/Fim

Sem comentários

deixar um comentário