03 Dezembro 2021, 10:14

Eduardo Cabrita aponta redução significativa da criminalidade em Portugal em 2020

LUSA Autor
Agência de notícias de Portugal

Lisboa, 25 fev 2021 (Lusa) – O ministro da Administração Interna, Eduardo Cabrita, afirmou hoje, no parlamento, que os dados provisórios relativos a 2020 indiciam que se registou uma “significativa redução” da criminalidade geral, violenta e grave em Portugal.


Eduardo Cabrita referiu-se a estes dados sobre a criminalidade em Portugal no encerramento do debate sobre o decreto presidencial para a renovação do estado da emergência por mais 15 dias, até 16 de março, para contenção e combate à covid-19.


No seu discurso, além das questões referentes à crise sanitária e económica do país em consequência da covid-19, o ministro da Administração Interna também se referiu à existência de “uma estabilidade social” em Portugal perante as medidas de confinamento decretadas pelo Governo em janeiro.


Segundo Eduardo Cabrita, esta “estabilidade social” que se verifica em relação ao confinamento geral em vigor, contraste com outros países, em que as restrições são acompanhadas por um crescimento da conflitualidade”.


“Em Portugal, verifica-se uma intervenção essencialmente pedagógica das forças de segurança. O confinamento não se traduziu num aumento da tensão social”, disse.


Pelo contrário, de acordo com o ministro da Administração Interna, os dados provisórios indiciam que em 2020 haverá uma significativa redução quer da criminalidade geral, quer da criminalidade violenta e grave”.


Eduardo Cabrita referiu depois que as forças de segurança, mesmo com uma intervenção pedagógica, ao longo destes meses de pandemia de convid-19, têm desempenhado com “eficácia missões de fiscalização, apoio a desinfeções, apoio a idosos isolados pela GNR e verificação diária das condições de isolamento profilático de cidadãos”.



PMF // JPS


Lusa/Fim

Tags

Sem comentários

deixar um comentário