26 Janeiro 2022, 19:33

Empate entre Chelsea e Liverpool dá maior ‘folga’ ao líder Manchester City

LUSA Autor
Agência de notícias de Portugal

Chelsea e Liverpool, segundo e terceiro classificados, respetivamente, empataram hoje 2-2 em Londres, em jogo da 21.ª jornada, que ‘ajudou’ o Manchester City a destacar-se ainda mais na liderança da Liga inglesa de futebol.

Privados do técnico Jürgen Klopp, infetado com o coronavírus, os ‘reds’ entraram de rompante na partida e adiantaram-se logo aos nove minutos, quando o senegalês Sadio Mané aproveitou um erro crasso de Trevoh Chalobah para assinar o oitavo tento na Premier League.

O egípcio Mohamed Salah, melhor marcador da prova, com 16 golos, dilatou a vantagem do Liverpool aos 26 minutos, só que a resposta do Chelsea surgiu ainda no primeiro tempo, com o croata Mateo Kovacic a marcar um ‘golaço’ de fora de área, aos 42, antes de o norte-americano Christian Pulisic repor a igualdade, aos 45+1.

Os ‘blues’ concederam o quarto empate nas últimas cinco rondas do campeonato, enquanto o Liverpool averbou o terceiro jogo consecutivo sem vencer na competição, desempenhos esses que têm permitido que o líder Manchester City continue a fugir no topo da tabela.

Depois de baterem o Arsenal (2-1) no sábado, os ‘citizens’ viram agora alargar-se a vantagem pontual sobre os dois principais perseguidores. A formação comandada por Pep Guardiola soma 53 pontos, mais 10 do que o Chelsea e 11 face ao Liverpool, que ainda tem um jogo em atraso.

O Brighton subiu ao oitavo lugar, com 27 pontos, ao vencer por 3-2 na visita ao Everton, com Alexis Mac Allister, aos três minutos e 71 minutos, e Dan Burn, aos 21, a marcarem para os ‘seagulls’ e Anthony Gordon a ‘faturar’ para os ‘toffees’, aos 53 e 76.

Já o Everton, continua a desiludir e segue num modesto 15.º posto, com 19 pontos, em 18 jogos, após ter somado a oitava derrota nos últimos 12 encontros para a Premier League.

Em igualdade pontual, mas com mais um jogo do que os ‘toffees’, surge o Leeds, 16.º colocado, que colocou fim a uma série de três desaires seguidos, com Chelsea, Manchester City e Arsenal, e bateu o Burnley por 3-1.

Jack Harrison, aos 39 minutos, Stuart Dallas, aos 77, e Daniel James, aos 90+2, marcaram os golos dos ‘whites’, sendo que, pelo meio, Maxwel Cornet, aos 54, reduziu para os ‘clarets’, que continuam em zona de despromoção, no 18.º e antepenúltimo posto.

Por seu lado, o Brentford (12.º) operou uma reviravolta sobre o Aston Villa (13.º) e venceu por 2-1, ultrapassando os ‘villans’ na classificação. Danny Ings colocou o conjunto de Birmingham na frente, aos 16 minutos, só que Yoane Wissa, aos 42, e Mads Rasmussen, aos 83, asseguraram o triunfo dos ‘bees’.

MO // AMG

 

Sem comentários

deixar um comentário