22 Outubro 2021, 07:12

Empate na Luz e luta acesa pelo segundo lugar

©FC Porto

O FC Porto empatou (1-1) com o Benfica e ficou praticamente arredado da luta pelo título já que o Sporting tem agora 8 pontos de vantagem – quando estão 9 em disputa – e está apenas a uma vitória de se sagrar campeão.

Com este resultado, a luta pelo segundo lugar, e pelo acesso à Liga dos Campeões, continua acesa já que «dragões» e «águias» continuam separados por 4 pontos quando faltam ainda três jornadas para final do Campeonato.

FC Porto e Benfica repetiram assim o resultado da primeira volta da Liga (1-1) com os «dragões» a somarem o 24.º jogo sem perder.

No Estádio do Luz, o FC Porto apresentou-se com uma novidade no onze titular com a entrada de Luis Díaz para o lugar de Corona que está lesionado.

E o jogo começou com o Benfica a beneficiar da marcação de um livre que Marega desviou para o primeiro pontapé de canto do encontro, logo aos 3 minutos.

PUB – CONTINUE A LER A SEGUIR



Os «dragões», responderam, depois, em contra-ataque, mas o remate de Luis Díaz, saiu ao lado da baliza de Helton Leite.

O encontro seguia equilibrado e só aos 20 minutos surgiu a primeira grande oportunidade de golo.

Marega surgiu nas costas de Vertonghen, fez bem o cruzamento, mas Lucas Veríssimo conseguiu o «corte».

Pouco depois, o Benfica chegou ao golo. Everton passou por Pepe e Mbemba e «disparou» de fora da área não dando hipótese de defesa a Marchesín.

À procura do empate, os «dragões» estavam por cima e criavam mais perigo, deixando o Benfica praticamente a defender.

Aos 28 minutos, Manafá cruzou bem, à procura de Taremi, mas Helton Leite antecipou-se e evitou o perigo.

Uribe foi, depois, o protagonista quando na recarga, após lance de Taremi que Vertonghen cortou, «atirou» por cima.

Já no período de descontos, lance polémico. Rafa seguia isolado e na disputa com Manafá cai na área. Artur Soares Dias assinalou grande penalidade, mas a decisão acabou revertida pelo VAR que indicou haver fora de jogo do jogador do Benfica.

Uribe «disparou» para o empate

Na segunda parte, o FC Porto foi a primeira equipa a criar perigo quando aos 50 minutos Marega rematou bem, mas o guarda-redes do Benfica mostrou atenção.

Na passagem do minuto 56, novo lance polémico e nova intervenção do VAR.

Zaidu «empurra» Diogo Gonçalves na área do FC Porto, é assinalado o castigo máximo, mas Artur Soares Dias viu, depois, que o jogador dos «encarnados» pisou Zaidu e reverteu a decisão.

O FC Porto acabaria por chegar ao empate, aos 75 minutos, com um golo de Uribe.

João Mário, que entrou para render Zaidu, fez o cruzamento e o médio rematou forte e certeiro, não dando hipóteses de defesa a Helton Leite.

Já no período de descontos, Pizzi ainda colocou os «encarnados» a vencer, mas mais uma vez, após análise do VAR, o árbitro anulou o golo por fora de jogo de Darwin.

O FC Porto volta a jogar na segunda-feira, dia 10, diante do Farense, num jogo agendado para as 20h15 no Estádio do Dragão.

Sem comentários

deixar um comentário