24 Janeiro 2022, 10:37

Entidades públicas podem candidatar-se a programa de estágios a partir hoje

LUSA Autor
Agência de notícias de Portugal

Lisboa, 08 jan 2022 (Lusa) – As entidades da administração central direta e indireta do Estado podem candidatar-se a partir de hoje ao programa de estágios remunerados que prevê pelos menos 1.000 vagas para jovens licenciados.


Segundo um comunicado do Ministério da Modernização do Estado e da Administração Pública, o aviso para a apresentação de candidaturas ao programa de estágios “com pelo menos 1.000 vagas destinadas a jovens licenciados” está disponível nas páginas ‘online’ do Plano de Recuperação e Resiliência (PRR) e da Direção-Geral da Administração e Emprego Público (DGAEP), a entidade gestora do programa.


“Podem candidatar-se a este programa as entidades da administração central direta e indireta do Estado que pretendam receber estagiários e que preencham os requisitos estabelecidos, devendo apresentar as suas candidaturas entre hoje e as 17:00 horas de dia 21 de fevereiro”, indica o ministério.


Às 1.000 vagas da segunda edição do programa EstágiAP XXI “acrescerá o número de vagas que não forem ocupadas na primeira edição do programa que incluía 500 vagas, o que permitirá, com as duas edições, promover 1.500 estágios em vários serviços da Administração Pública”, acrescenta o gabinete da ministra Alexandra Leitão.


As candidaturas das entidades públicas podem ser feitas através da plataforma eletrónica do Sistema de Informação da Recuperar Portugal (SI PRR) cujo endereço e forma de acesso é divulgado na página ‘online’ da DGAEP e do PRR.


A DGAEP terá depois 30 dias úteis para decidir sobre a atribuição de vagas de estágio financiado a cada entidade.


Após este processo, serão mais tarde abertas as candidaturas aos jovens interessados.


Os estágios destinam-se a jovens licenciados com idade até aos 30 anos, ou até aos 35 anos com deficiência e/ou incapacidade, que se encontrem à procura do primeiro emprego ou de novo emprego correspondente à sua área de formação.


A bolsa de estágio é de 1.007,49 euros ilíquidos, correspondente à primeira posição remuneratória da carreira de técnico superior e nível remuneratório 11 da Tabela Remuneratória Única e os estagiários têm também direito a subsídio de refeição.


“Esta é a segunda edição do programa EstágiAP XXI, financiada a 100% pelo PRR, ao abrigo da reforma “Capacitação da AP — formação de trabalhadores e gestão do futuro”, um concurso com uma dotação de 12,3 milhões de euros, refere o ministério.



DF // JNM


Lusa/Fim

Sem comentários

deixar um comentário