30 Novembro 2021, 02:39

Estoril Sol passa de lucro a prejuízo de 12,9 ME em 2020

LUSA Autor
Agência de notícias de Portugal

Lisboa, 30 abr 2021 (Lusa) — O grupo Estoril Sol registou 12,9 milhões de euros de prejuízo em 2020, resultado que compara com 14,5 milhões de euros de lucro apurado no ano anterior, foi hoje comunicado ao mercado.


“Em 2020, o grupo apresentou resultados líquidos consolidados negativos no montante de 12,9 milhões de euros, que comparam com lucros de 14,5 milhões de euros alcançados no exercício anterior”, lê-se no comunicado remetido à Comissão do Mercado de Valores Mobiliários (CMVM).


De acordo com o grupo, os resultados foram impactados pelos “efeitos do encerramento e limitações de funcionamento das operações de base territorial, no âmbito das medidas de combate à pandemia” de covid-19.


Do prejuízo de 12,9 milhões de euros, “uma perda de 20,3 milhões de euros é alocada aos acionistas da Estoril-Sol, SGPS, S.A., e um ganho de 7,4 milhões de euros aos interesses minoritários e que não controlam”.


Por sua vez, o resultado antes de impostos, juros, depreciações e amortizações (EBITDA) do Estoril Sol caiu 73% em 2020, face ao ano anterior, para 10,7 milhões de euros.


Neste período, só as operações ‘online’ do grupo tiveram resultados positivos, apresentando taxas de crescimento de, sensivelmente, 60%.


Já as receitas de jogo do grupo cederam 41,3% para 135,7 milhões de euros em 2020.


Por segmento, as receitas de base territorial retrocederam 53% para 91,4 milhões de euros, enquanto as receitas de jogo ‘online’ avançaram 14% para 44,3 milhões de euros.


O investimento do grupo situou-se nos 800 mil euros, quando, em 2019, foi de 2,3 milhões de euros.


Conforme explicou o Estoril Sol, em 2020, o investimento centrou-se na compra de equipamentos de segurança e informático para “adequar os casinos à nova realidade de utilização dos espaços comuns por clientes e colaboradores”.


O endividamento bancário do grupo ascendeu, neste período, a 6,6 milhões de euros.


O Estoril Sol detém a concessão dos casinos Lisboa, Estoril e Póvoa.



PE // EA


Lusa/Fim

Sem comentários

deixar um comentário