09 Setembro 2022, 06:51

EUA disponibilizam perto 10 ME para reforçar acesso de raparigas à educação em Moçambique

LUSA Autor
Agência de notícias de Portugal

 


Maputo, 12 ago 2022 (Lusa) — O governo norte-americano vai investir 10 milhões de dólares (9,7 milhões de euros) para reforçar o acesso de raparigas à educação no norte e centro de Moçambique, anunciou hoje a embaixada dos Estados Unidos em comunicado.


“Este novo programa aborda os principais desafios que as raparigas enfrentam para permanecerem na escola, fornecendo formação e materiais a educadores e diretores sobre temas cruciais”, indica o comunicado divulgado hoje.


A iniciativa, desenvolvida através da Agência dos Estados Unidos para o Desenvolvimento Internacional (USAID) e em cooperação com os ministérios moçambicanos da Educação e da Saúde, vai ter um período de cinco anos e vai incidir sobre escolas das províncias de Nampula (norte) e Zambézia (centro), onde as taxas de participação das meninas nas escolas são consideradas baixas.


O programa “concentra-se na formação em literacia e numeracia, incorporando importantes tópicos de competências sociais e de vida, como a gestão da higiene menstrual, nutrição, e prevenção da violência, doenças sexualmente transmissíveis e gravidez indesejada”, indicam os Estados Unidos no comunicado.


Segundo dados avançados pelos Estados Unidos, apesar dos esforços para a melhoria do acesso de raparigas à educação em Moçambique, mais da metade das raparigas moçambicanas abandonam a escola até à quinta classe.


Moçambique recebe anualmente 500 milhões de dólares (485 milhões de euros )em assistência do Governo norte americano para reforço de vários setores sociais, com destaque para sociedade e democracia, indicam dados da embaixada de Washington em Maputo.


EYAC // PJA


Lusa/Fim

Sem comentários

deixar um comentário