19 Setembro 2021, 02:06

Euro2020: Portugal arrancou preparação sem ‘ingleses’ e Gonçalo Guedes

LUSA Autor
Agência de notícias de Portugal

Oeiras, Lisboa, 27 mai 2021 (Lusa) — A seleção portuguesa de futebol realizou hoje o primeiro treino de preparação para o Euro2020, numa sessão na qual o selecionador Fernando Santos esteve privado de Gonçalo Guedes, Bruno Fernandes, João Cancelo, Rúben Dias e Bernardo Silva.


Os cinco atletas foram os únicos indisponíveis no arranque dos trabalhos, sendo que Bruno Fernandes disputou a final da Liga Europa, pelo Manchester United, na quarta-feira, e o trio do Manchester City tem agendada para sábado a decisão da Liga dos Campeões, diante do Chelsea, no Estádio do Dragão, no Porto.


Gonçalo Guedes também falhou o primeiro apronto e, apesar de a Federação Portuguesa de Futebol (FPF) não ter justificado publicamente a ausência do jogador, alguns órgãos de comunicação social nacionais adiantaram na quarta-feira que o avançado do Valência teve um teste positivo para o novo coronavírus, que provoca a covid-19.


No arranque da preparação para o Euro2020, o selecionador Fernando Santos contou com 21 dos 26 convocados, os quais treinaram sem limitações num dos relvados da Cidade do Futebol durante os 15 minutos da sessão abertos aos jornalistas.


Nesse período, os 18 jogadores de campo presentes fizeram aquecimento e exercícios com bola, enquanto os guarda-redes Rui Patrício, Anthony Lopes e Rui Silva trabalharam sob supervisão do técnico de guardiões, Fernando Justino.


Tendo em conta o regime livre definido pelo selecionador até dia 08 de junho, os atletas terão apenas a obrigação de se apresentar durante os treinos, na Cidade do Futebol, tendo total independência antes e depois dos trabalhos da seleção nacional.


Portugal, que é o detentor do troféu, integra o Grupo F do Euro2020, juntamente com Hungria, Alemanha e França, tendo estreia marcada na competição para 15 de junho, diante dos húngaros, em Budapeste, antes de defrontar os germânicos, em 19, em Munique, e os franceses, em 23, novamente na capital magiar.


Até à partida para Budapeste, marcada para 10 de junho, a seleção nacional vai realizar dois encontros de preparação, com a Espanha, em Madrid, em 04 de junho, e com Israel, cinco dias depois, no Estádio José Alvalade, em Lisboa.



MO/AJC // AJO


Lusa/Fim

Sem comentários

deixar um comentário