13 Maio 2022, 08:26

Eurovisão: Portugal compete hoje por um lugar na final do concurso

LUSA Autor
Agência de notícias de Portugal

Agora que chegou aqui…

Ao longo do último ano, o MUNDO ATUAL tem conquistado cada vez mais leitores.
Nunca quisemos limitar o acesso aos nossos conteúdos, ao contrário do que fazem outros órgãos de comunicação, e mantivemos sempre todas as notícias, reportagens e entrevistas abertas para que todos as pudessem ler.
Mas precisamos do seu apoio. Para que possamos, diariamente, continuar a oferecer-lhe a melhor informação, não só nacional como local, assim como para podermos fazer mais reportagens e entrevistas do seu interesse.
O MUNDO ATUAL é um órgão de comunicação social independente e isento. E acreditamos que para que possamos continuar o nosso caminho, que tem sido de sucesso e de reconhecimento, é importante que nos possa ajudar neste caminho que iniciámos há um ano.
Desta forma, por tão pouco, com apenas 1€, pode apoiar o MUNDO ATUAL.

Obrigado!

Portugal compete hoje, em Turim, Itália, por um lugar na final do 66.º Festival Eurovisão da Canção, marcada para sábado, com o tema “Saudade, Saudade”, composto e interpretado por Maro.

Na final competem 25 países: dez são escolhidos hoje, durante a primeira semifinal, e outros dez são selecionados na quinta-feira, na segunda semifinal. Há cinco países, os chamados ‘Big Five’ (França, Alemanha, Espanha, Reino Unido e o país anfitrião, Itália), que têm entrada direta na final.

Hoje, além de Portugal, cujo tema será apresentado em 10.º lugar, estarão em competição por um dos lugares na final, por ordem de apresentação: Albânia, Letónia, Lituânia, Suíça, Eslovénia, Ucrânia, Bulgária, Países Baixos, Moldova, Croácia, Dinamarca, Áustria, Islândia, Grécia, Noruega e Arménia.

De acordo com a média de várias casas de apostas, calculada pelo ‘site’ eurovisionworld.com, especializado no concurso, Portugal tem probabilidades de passar à final.

Portugal está longe de ser dado como potencial vencedor este ano, ocupando entre o 10.º e o 12.º lugar das casas de apostas desde que Maro chegou a Turim e onde já participou em vários ensaios, que são divulgados pela organização no ‘site’ oficial do concurso.

Maro irá representar Portugal no Festival Eurovisão da Canção, depois de ter vencido, em março, o Festival da Canção. “Saudade Saudade” foi a canção mais votada tanto pelo júri regional como pelo público na final do concurso.

Na primeira semifinal do Festival da Canção, Maro apresentou-se sozinha em palco, mas, na final, decidiu cantar acompanhada por um coro composto pelas cantoras Beatriz Pessoa, Beatriz Fonseca, Carolina Leite e Sara Badalo.

Em Turim atuará novamente acompanhada por um coro feminino, que integra Beatriz Fonseca, Beatriz Pessoa, Carolina Leite, Diana Castro e Milhanas.

Maro é o nome artístico de Mariana Secca, lisboeta, que cresceu num ambiente familiar marcado pela música. Começou a estudar piano aos 4 anos, fez o conservatório e estudou na escola de Berklee, em Boston, nos Estados Unidos.

Em 2018 editou o primeiro álbum, homónimo.

Portugal participou no Festival Eurovisão da Canção pela primeira vez em 1964, tendo, entretanto, falhado cinco edições (em 1970, 2000, 2002, 2013 e 2016). Entre 2004 e 2007, inclusive, e em 2011, 2012, 2014, 2015 e 2019, Portugal falhou a passagem à final.

Portugal venceu pela primeira e única vez o Festival Eurovisão da Canção em 2017, com o tema “Amar pelos dois”, interpretado por Salvador Sobral e composto por Luísa Sobral. Na sequência da vitória, Lisboa acolheu, no ano seguinte, o concurso.

Em 2021, Portugal esteve no Festival Eurovisão da Canção com “Love is on my side”, composta por Tatanka e interpretada pelos The Black Mamba, que alcançou o 12.º lugar no concurso. Itália venceu o concurso no ano passado, com a canção “Zitti e buoni”, interpretada pelos Måneskin.

Sem comentários

deixar um comentário