17 Setembro 2021, 19:25

Exportações em saúde subiram 5,4% para 443 ME até março

LUSA Autor
Agência de notícias de Portugal

Lisboa, 07 jun 2021 (Lusa) — As exportações em saúde subiram 5,4% no primeiro trimestre, em comparação com o período homólogo, para 443 milhões de euros, com destaque para as preparações farmacêuticas, segundo dados do Instituto Nacional de Estatística (INE), citados pelo Health Cluster Portugal.


“As exportações em saúde cresceram 5,4% nos primeiros três meses do ano, face ao período homólogo […]. No período de janeiro a março, as exportações em saúde atingiram um valor absoluto de 443 milhões de euros, valor que compara com os 420 milhões de euros registados no período homólogo”, indicou, em comunicado, a associação Health Cluster Portugal.


Esta evolução foi impactada pelas exportações de preparações farmacêuticas, que aumentaram 3% para 297 milhões de euros.


Por sua vez, as vendas para o exterior de instrumentos e material médico-cirúrgico progrediram 8,9%, no primeiro trimestre, para 92 milhões de euros.


No total, as exportações portuguesas avançaram 6,2%, entre janeiro e março, com um volume de vendas ao exterior superior a 907.000 milhões de euros.


“As empresas portuguesas têm feito um grande esforço para consolidar a sua presença nos mercados externos, mesmo com as atuais dificuldades, fruto do contexto mundial. Estamos confiantes que em 2021 continuaremos a ter avanços muito positivos no que respeita à internacionalização deste setor, impulsionando assim a balança comercial”, afirmou, citado em comunicado, o diretor executivo do Health Cluster, Joaquim Cunha.


O Health Cluster Portugal é uma associação privada sem fins lucrativos, que conta com mais de 180 associados, como universidades, hospitais, organizações e empresas da área farmacêutica, biotecnologia, tecnologias médicas e serviços.




PE // CSJ


Lusa/Fim

Sem comentários

deixar um comentário