05 Julho 2022, 02:25

Exposição do programa internacional Primeira Pedra é inaugurada hoje em Lisboa

LUSA Autor
Agência de notícias de Portugal

Lisboa, 23 jun 2022 (Lusa) — A exposição que marca o final do programa Primeira Pedra, iniciado em 2016 pela associação cultural experimentadesign e que envolveu 36 autores de 15 países, é hoje inaugurada no Museu Nacional dos Coches, em Lisboa.


“Primeira Pedra 2016|222”, que estará patente no exterior e no interior do Museu Nacional dos Coches, é, segundo a presidente da experimentadesign, Guta Moura Guedes, “uma exposição de arquitetura, arte e design contemporâneos, linguagens deste século, do século XXI”, constituída por obras “feitas em pedra portuguesa e produzidas pela indústria nacional e, muitas das vezes, artesãos, nacionais também”.


Esta será “uma oportunidade única de se ver todo o material produzido durante seis anos, que passou por Londres, Veneza, Nova Iorque, Milão, Dubai, uma oportunidade única de ver toda a coleção junta”.


As 74 peças, de 36 autores oriundos de 15 países, “vão estar num diálogo muito especial com aquilo que é uma peça de arquitetura muito bonita, do [arquiteto] Paulo Mendes da Rocha, que é o Museu Nacional dos Coches, cá fora, na praça”, e, no interior, com “uma coleção que vem do século XVII até ao século XIX e que é a mais importante coleção de coches do mundo”.


O tamanho das peças varia entre “a escala enorme do cubo de Carsten Ho¨ller, até aos anéis, que são muito pequeninos, dos irmãos Campana”.


Guta Moura Guedes salienta ainda que “grande parte das peças que estão na praça podem ser exploradas pelas crianças e os adultos, que se podem sentar nelas, podem mexer nelas, podem usá-las”, tal como acontece com algumas no interior.


Além de Carsten Ho¨ller e dos irmãos Campanha, “Primeira Pedra 2016|222” conta com obras, entre outros, de Ai Weiwei, Álvaro Siza, Marina Abramovic, Julião Sarmento, Eduardo Souto de Moura e Philippe Starck.


A exposição, com curadoria de Guta Moura Guedes, tem como promotor a Assimagra – Associação Portuguesa da Indústria dos Recursos Minerais, e conta com o Alto Patrocínio do Presidente da República Portuguesa.


A mostra é inaugurada às 22:00 e estará aberta ao público entre sexta-feira e 25 de setembro. A inauguração tem entrada gratuita, mas nos dias seguintes, para visitar a exposição é necessário adquirir um bilhete de acesso ao Museu Nacional dos Coches.


Também no âmbito do programa da experimentadesign, o Teatro Tivoli acolhe hoje conferência Primeira Pedra, “uma maratona, que começa às 10:00 e termina depois das 16:00”.


No palco do Tivoli vai decorrer “uma série de conversas, quase como se fossem ‘talk shows’ televisivos”, nas quais os autores “vão falar sobre como é que abordaram este material, como é que abordaram a pedra portuguesa, como é se relacionaram com o material e como é que desenvolveram os projetos”.


Além disso, serão também abordados temas “relacionados com questões que são muito do presente: sustentabilidade, coesão social, equilíbrio do planeta”. “Porque vão estar, inevitavelmente, também nas conversas essas preocupações, que são preocupações de quem trabalha nesta área”, disse.


Em setembro, a coincidir com o final da exposição, será editado um livro e apresentado um novo documentário, o último de quatro em parceria com a RTP2.



JRS // MAG


Lusa/Fim

Sem comentários

deixar um comentário