07 Julho 2022, 02:22

Exxon Mobil, Rosneft e Totalenergies concorrem a novas prospeções em Moçambique

LUSA Autor
Agência de notícias de Portugal

Maputo, 25 mar 2022 (Lusa) – As multinacionais petrolíferas Exxon Mobil, Rosneft e Totalenergies estão entre as 13 companhias que apresentaram propostas no sexto concurso de pesquisa e produção de hidrocarbonetos em Moçambique, disse hoje à Lusa fonte do Governo moçambicano.


Além das três companhias, também concorrem a italiana ENI, a russa Novatec, as chinesas Sinopec, CNOOC, CNPC e Petro China International, a Qatar Petroleum, a Sasol, da África do Sul, a indiana ONGC Videsh, a irlandesa Discovery Exploration??????? e a Aiteo, da Nigéria.


Além de uma proposta da companhia mãe, a Totalenergies apresentou uma segunda proposta através de um dos seus braços empresariais, a Totalenergies EP New Venture.


“O Instituto Nacional de Petróleos (INP) vai proceder à avaliação dos documentos e a lista das empresas apuradas será publicada em 31 de março de 2022”, disse a fonte.


O sexto concurso de concessão de áreas para pesquisa e produção de hidrocarbonetos foi lançado no dia 25 de novembro de 2021 e termina no dia 30 de novembro, com o anúncio dos resultados.


O processo abrange 16 áreas de intervenção: cinco na bacia do Rovuma, sete em Angoche, duas no Delta do Zambeze e duas no Save, perfazendo mais de 92.000 quilómetros quadrados.


Uma das regiões, a bacia do Rovuma, sob o fundo oceânico em alto mar ao largo da costa de Cabo Delgado (norte do país), já tem áreas atribuídas.


Algumas das maiores reservas de gás do mundo foram ali descobertas e vão começar a ser exploradas este ano.


Moçambique tem ainda áreas atribuídas no âmbito do quinto concurso, cuja prospeção aguarda o arranque.



PMA // VM


Lusa/Fim

Sem comentários

deixar um comentário