26 Janeiro 2022, 09:06

FC Porto-Benfica: «Tudo ou nada» para Jesus e Benfica no regresso ao Dragão

LUSA Autor
Agência de notícias de Portugal

FC Porto e Benfica voltam a encontrar-se quinta-feira, novamente no Estádio do Dragão, num duelo de grande importância, sobretudo para os «encarnados», que fecha a 16.ª jornada da Primeira Liga.

A quatro pontos da liderança, dividida por «dragões» e o campeão Sporting, o clássico aparece numa altura de «tudo ou nada» para a equipa de Jorge Jesus, já que um triunfo relança os lisboetas no campeonato e funcionará como um «balão de oxigénio» para o início de 2022, enquanto novo desaire, como nos «oitavos» da Taça de Portugal (3-0), deixa o Benfica a sete pontos do comando e o técnico português com vida ainda mais difícil no clube da Luz.

O conjunto de Sérgio Conceição surge, por seu lado, estável e motivado pelo claro triunfo sobre os «encarnados», sendo que precisará, tudo indica, de vencer para segurar a liderança, uma vez que o Sporting recebe um dia antes o Portimonense.

Ao contrário do que aconteceu no duelo da Taça de Portugal, Sérgio Conceição e Jorge Jesus vão poder desta vez comandar a equipa no relvado, depois de ambos terem cumprido castigo.

Conceição não perde com Benfica há sete jogos e, no geral, vai tentar somar a 11.ª vitória consecutiva do FC Porto em partidas a contar para a Primeira Liga esta temporada.

Além disso, os «dragões» vão tentar manter o registo perfeito em casa em jogos a contar para o campeonato, em que neste momento levam sete triunfos, com 19 golos marcados e apenas três sofridos.

Em contraponto, o Benfica não fica longe nos jogos fora da Luz, com sete vitórias e um empate (1-1 com o Estoril Praia), incluindo 25 golos marcados e só quatro sofridos.

Evanilson, que bisou no duelo da Taça de Portugal, mas acabou expulso, é baixa certa para Sérgio Conceição, que ainda tem esperanças em poder contar com Pepe, que falhou o clássico da semana passada devido a problemas físicos.

Do lado do Benfica, Jesus tem duas baixas de peso (Otamendi e Grimaldo), número que pode aumentar para três caso o avançado uruguaio Darwin Núñez, melhor marcador da Primeira Liga, com 13 golos, não recupere de uma lesão num pé.

Antes do primeiro encontro no Dragão, em que saiu lesionado, Darwin vinha de três jogos seguidos a marcar em todas as provas, com um total de sete golos.

Otamendi foi expulso na Taça de Portugal e falha novo reencontro com a sua antiga equipa, enquanto Grimaldo testou positivo à Covid-19 e está afastado do plantel.

O FC Porto-Benfica, o último encontro das duas equipas em 2021, a contar para a 15.ª jornada da Primeira Liga, está agendado para as 21h00 de quinta-feira, no Estádio do Dragão.

Sem comentários

deixar um comentário