13 Maio 2022, 14:01

FC Porto campeão: Emocionante receção à equipa leva Sérgio Conceição às lágrimas

LUSA Autor
Agência de notícias de Portugal

Agora que chegou aqui…

Ao longo do último ano, o MUNDO ATUAL tem conquistado cada vez mais leitores.
Nunca quisemos limitar o acesso aos nossos conteúdos, ao contrário do que fazem outros órgãos de comunicação, e mantivemos sempre todas as notícias, reportagens e entrevistas abertas para que todos as pudessem ler.
Mas precisamos do seu apoio. Para que possamos, diariamente, continuar a oferecer-lhe a melhor informação, não só nacional como local, assim como para podermos fazer mais reportagens e entrevistas do seu interesse.
O MUNDO ATUAL é um órgão de comunicação social independente e isento. E acreditamos que para que possamos continuar o nosso caminho, que tem sido de sucesso e de reconhecimento, é importante que nos possa ajudar neste caminho que iniciámos há um ano.
Desta forma, por tão pouco, com apenas 1€, pode apoiar o MUNDO ATUAL.

Obrigado!

Noite de emoções fortes na receção à equipa do FC Porto, no Estádio do Dragão, com milhares de adeptos «azuis e brancos» a pediram ao emocionado técnico Sérgio Conceição que permaneça no comando dos «dragões», campeões nacionais de futebol.

Em clima de festa, e sem incidentes de maior, a multidão ordeira, que ocupou uma boa parte da Alameda do Dragão, junto ao recinto do clube, esperou até de madrugada pela chegada da comitiva portista, desdobrando-se, durante horas, em cânticos alusivos à conquista do 30.º campeonato e à presidência de Pinto Costa, sem faltar as provocações aos dois clubes rivais de Lisboa.

Eram já perto das duas horas da madrugada quando a equipa chegou ao estádio, e se mostrou aos adeptos como nova campeã nacional da Primeira Liga, sendo recebida com euforia e com fogo de artifício.

Um a um todos os jogadores do plantel, já trajados com uma camisola alusiva à conquista do título, foram chamados a uma plataforma junto da multidão, com Zaidu, herói do jogo de sábado com o Benfica, ao marcar o golo solitário da vitória, a ser dos mais saudados, juntamente com o capitão’ Pepe e o médio Otávio.

No palanque, os atletas foram interagindo com os adeptos, entoando alguns dos mais emblemáticos cânticos das claques do clube, sem faltar o hino oficial do FC Porto.

Mas, o momento mais forte da noite foi quando o capitão Pepe, que de microfone na mão foi um dos mestres de cerimónia, pediu ao treinador Sérgio Conceição para deixar algumas palavras à multidão que entoava cânticos a pedir que o técnico, que no início da época renovou contrato até 2024, permaneça no comando dos ‘dragões’.

O treinador não conteve as lágrimas perante a multidão, e de voz embargada, e a necessitar de fazer algumas pausas, agradeceu o apoio, enalteceu a prestação do grupo de trabalho, e prometeu nova reunião com os adeptos, no dia 22 deste mês, após o final da Taça de Portugal, para “festejar a dobradinha”.

Após quase uma hora de comunhão com os adeptos, a equipa recolheu para o interior do estádio, mas os apoiantes portistas continuaram a fazer a festa do título pela madrugada nas imediações da Alameda do Dragão.

O FC Porto sagrou-se no sábado campeão português de futebol pela 30.ª vez, ao vencer em casa do Benfica por 1-0, em jogo da 33.ª e penúltima jornada da Primeira Liga.

No Estádio da Luz, Zaidu, aos 90+4 minutos, marcou o golo da vitória dos «azuis e brancos».

Os «dragões» passaram a somar 88 pontos, mais seis do que o Sporting, que já não pode alcançar o FC Porto.

Tags

Sem comentários

deixar um comentário