24 Outubro 2021, 16:33

FC Porto e Sporting tentam reduzir distância para o líder Benfica

LUSA Autor
Agência de notícias de Portugal

Redação, 24 set 2021 (Lusa) — FC Porto e Sporting, segundo e terceiro classificados, respetivamente, procuram hoje reduzir provisoriamente a diferença pontual para o líder Benfica, no arranque da sétima jornada da I Liga portuguesa de futebol.


Em vésperas dos compromissos na Liga dos Campeões, agendados para a próxima terça-feira, ‘dragões’ e ‘leões’, ambos com 14 pontos – menos quatro do que os ‘encarnados’ -, tentam a segunda vitória seguida no campeonato, de forma a pressionar o conjunto da Luz, que no sábado joga no terreno do Vitória de Guimarães.


Poucos dias depois de ter vencido na casa do Estoril Praia (1-0) e antes da visita ao Borussia Dortmund, o campeão Sporting recebe, a partir das 19:00, o Marítimo, formação que ocupa o 11.º posto, com seis pontos, e que não vence há quatro partidas.


Já o FC Porto, que na terça-feira vai receber o Liverpool, também procura o segundo triunfo consecutivo na I Liga, na sequência da goleada caseira sobre o Moreirense (5-0).


Os ‘azuis e brancos’ viajam até Barcelos, onde, às 21:15, jogam em casa do Gil Vicente, sétimo classificado, com oito pontos e que vem numa série de quatro jogos sem vencer, sendo que, no seu reduto, apenas alcançou uma vitória, logo na jornada inaugural, diante do Boavista.


A I Liga é liderada pelo Benfica, com 18 pontos, mais quatro do que FC Porto (14) e Sporting (14), e mais cinco do que o surpreendente Estoril Praia (13), quarto colocado.



Programa da sétima jornada:


– Sexta-feira, 24 set:


Sporting – Marítimo, 19:00


Gil Vicente – FC Porto, 21:15


– Sábado, 25 set:


Moreirense — Arouca, 15:30


Vitória de Guimarães — Benfica, 18:00


Tondela — Famalicão, 20:30


– Domingo, 26 set:


Santa Clara – Sporting de Braga, 17:00 locais (18:00, horas de Lisboa)


Portimonense — Vizela, 20:30


– Segunda-feira, 27 set:


Paços de Ferreira – Belenenses SAD, 19:00


Boavista – Estoril Praia, 21:15



MO // AJO


Lusa/Fim

Sem comentários

deixar um comentário