22 Outubro 2021, 22:37

Ferreira “aguentou-se bem” e pode voltar a candidatar-se em Lisboa – Jerónimo

LUSA Autor
Agência de notícias de Portugal

Lisboa, 26 jan 2021 (Lusa) — O secretário-geral do PCP considerou hoje que a candidatura de João Ferreira “aguentou-se bem” e não excluiu que o eurodeputado venha a ser de novo candidato às autárquicas de Lisboa, no final do ano.


“Nos aguentámo-nos bem, crescemos num quadro de grande condicionalismo” numa conjuntura em que “nunca se tinha visto uma coisa destas”, a pandemia de covid-19 e o confinamento geral em que decorreu a campanha eleitoral, afirmou Jerónimo de Sousa, no final de um comité central para analisar os resultados das presidenciais de domingo.


O eurodeputado comunista João Ferreira ficou em quarto lugar, à frente da bloquista Marisa Matias, subiu percentualmente, de 3,95% para 4,32% no resultado, mas perdeu em número de votos absolutos relativamente à candidatura de Edgar Silva, em 2016.


Olhando a uma “análise mais fina” dos resultados, o líder comunista afirmou que, face a estes números, o candidato comunista “teve de ir buscar votos novos” para contrabalançar estas perdas.


Onde houve uma quebra de votos absolutos, a leitura do comité central é que houve “um número idêntico de votos”.


O comité central destacou o aumento de 3,95 para 4,32% na votação e “a obtenção de um número idêntico de votos, num quadro em que votam quase menos meio milhão de eleitores e num contexto marcado por circunstâncias de saúde pública que limitaram a ação de esclarecimento e mobilização e que desmente os que procuram falsamente menorizar o resultado obtido pela sua candidatura”.


Questionado sobre se João Ferreira, que já foi candidato à câmara de Lisboa em 2017 e às europeias de 2019 e subiu ao comité central no último congresso do PCP, poderá voltar a concorrer às autárquicas no final do ano, Jerónimo de Sousa não exclui o cenário.


“Não estamos na fase escolhas de candidatos. João Ferreira, tal como outros meu camaradas, estão em condições de assumir essas tarefas no plano autárquico”, disse, a acrescentou que conta com o eurodeputado e “com milhares e milhares de comunistas, democratas e patriotas que se reveem no projeto da CDU”.


 


NS // JPS


Lusa/fim

Sem comentários

deixar um comentário