28 Setembro 2021, 18:34

Festival Curtas de Vila do Conde mantém vertente digital e destaca quatro cineastas

LUSA Autor
Agência de notícias de Portugal

Vila do Conde, Porto, 11 jun 2021 (Lusa) – O festival de cinema Curtas, que se realiza em Vila do Conde, distrito do Porto, voltará este ano a apresentar uma edição em formato misto, com exibições na sala de espetáculo e nas plataformas digitais, devido às contingências da pandemia de covid-19.


Este festival internacional português dedicado à curta metragem vai realizar-se entre 16 e 25 de julho, nesta localidade do litoral norte do país, e nesta edição de 2021 vai destacar o trabalho de quatro realizadores, a dupla iraniana Ali Asgari e Farnoosh Samadi, da grega Jacqueline Lentzou e do português Jorge Jácome.


Segundo a organização, as obras destes cineastas “revelam uma abordagem contemporânea e vanguardista, pontualmente disruptiva, que atravessa as fronteiras dos géneros e ousa experimentar os limites da linguagem cinematográfica”.


Os trabalhos destes quatro realizadores integrarão as secções não competitivas do festival e, de acordo com os responsáveis do certame, “abrem uma porta de entrada para o pensamento contemporâneo de uma nova geração de cineastas que, a par da relevância estética, levantam novas leituras para problemáticas políticas dos nossos dias”.


O Curtas Vila do Conde é um festival internacional de cinema, criado em 1993, que já se tornou um dos principais acontecimentos cinematográficos e culturais em Portugal dedicado a curtas-metragens. Este ano assinala a sua 29.ª edição.



JPYG // MAG


Lusa/fim

Sem comentários

deixar um comentário