09 Setembro 2022, 22:00

Fulham, de Marco Silva, impõe empate ao Liverpool na estreia na Premier League

© Liverpool FC
Mundo Atual Administrator

Agora que chegou aqui…

Ao longo do último ano, o MUNDO ATUAL tem conquistado cada vez mais leitores.
Nunca quisemos limitar o acesso aos nossos conteúdos, ao contrário do que fazem outros órgãos de comunicação, e mantivemos sempre todas as notícias, reportagens e entrevistas abertas para que todos as pudessem ler.
Mas precisamos do seu apoio. Para que possamos, diariamente, continuar a oferecer-lhe a melhor informação, não só nacional como local, assim como para podermos fazer mais reportagens e entrevistas do seu interesse.
O MUNDO ATUAL é um órgão de comunicação social independente e isento. E acreditamos que para que possamos continuar o nosso caminho, que tem sido de sucesso e de reconhecimento, é importante que nos possa ajudar neste caminho que iniciámos há um ano.
Desta forma, por tão pouco, com apenas 1€, pode apoiar o MUNDO ATUAL.

Obrigado!

O Fulham, treinado pelo português Marco Silva, estreou-se hoje na edição 2022/23 da Liga inglesa de futebol com um empate, na receção ao Liverpool (2-2), que não conseguiu superiorizar-se no encontro da primeira jornada.

No Craven Cottage, em Londres, os vice-campeões ingleses apresentaram-se aquém do esperado na ronda inaugural, chegando ao intervalo em desvantagem, face à cabeçada certeira do avançado sérvio Aleksandar Mitrovic, aos 32 minutos.

PUB – CONTINUE A LER A SEGUIR



No segundo tempo, os ‘reds’, que antes do período de descanso viram o ex-jogador do FC Porto Luiz Díaz enviar uma bola ao poste, conseguiram repor a igualdade, quando o uruguaio Darwin Nuñez (64), que trocou o Benfica pelo Liverpool neste verão, ‘saltou’ do banco para, de calcanhar, corresponder da melhor maneira a um cruzamento de Salah.

Mitrovic, melhor marcador do Championship da temporada passada, iria voltar a bater Alisson, mas, desta vez, da marca do castigo máximo, aos 72 minutos, uma vantagem que os recém-promovidos ao principal escalão não conseguiram segurar, por culpa do encosto de Salah (80), servido de forma, aparentemente, involuntária por Darwin.

O avançado contratado ao Benfica tornou-se no terceiro jogador vindo do ‘banco’ a marcar e a assistir no jogo de estreia na Premier League, depois de Sergio Agüero (2011/12) e Alvaro Morata (2017/18).

Na equipa londrina, o médio luso João Palhinha (ex-Sporting) alinhou de início, enquanto no emblema de Merseyside Fábio Carvalho, que há poucos meses deixou, precisamente, os ‘cottagers’, foi lançado na segunda parte. Já Diogo Jota ficou de fora devido a lesão.

O Liverpool, que no período de descontos ainda teve outra bola no ferro, pelo capitão Jordan Henderson, iniciou a partida com seis jogadores com 30 ou mais anos – Van Dijk, Matip, Thiago Alcântara, Henderson, Salah e Firmino -, algo que não acontecia desde fevereiro de 1994, na altura contra o Southampton.

Tags

Sem comentários

deixar um comentário