16 Agosto 2022, 15:33

«Gaia 100 Preconceito» promove inclusão da comunidade cigana

@ CMG
mundoatual AdministratorKeymaster

Agora que chegou aqui…

Ao longo do último ano, o MUNDO ATUAL tem conquistado cada vez mais leitores.
Nunca quisemos limitar o acesso aos nossos conteúdos, ao contrário do que fazem outros órgãos de comunicação, e mantivemos sempre todas as notícias, reportagens e entrevistas abertas para que todos as pudessem ler.
Mas precisamos do seu apoio. Para que possamos, diariamente, continuar a oferecer-lhe a melhor informação, não só nacional como local, assim como para podermos fazer mais reportagens e entrevistas do seu interesse.
O MUNDO ATUAL é um órgão de comunicação social independente e isento. E acreditamos que para que possamos continuar o nosso caminho, que tem sido de sucesso e de reconhecimento, é importante que nos possa ajudar neste caminho que iniciámos há um ano.
Desta forma, por tão pouco, com apenas 1€, pode apoiar o MUNDO ATUAL.

Obrigado!

A apresentação pública do projeto «Gaia 100 Preconceito» decorreu a 1 de julho, nas instalações do Centro Social e Paroquial de Vilar de Andorinho.

A iniciativa destina-se a promover a inclusão e o desenvolvimento de competências na comunidade cigana de Vila Nova de Gaia, sendo desenvolvida no âmbito de uma parceria entre a Fundação Bissaya Barreto, a Fundação Calouste Gulbenkian, a Associação para o Planeamento da Família e a Câmara Municipal de Gaia.

PUB – CONTINUE A LER A SEGUIR



Com o objetivo de promover o acesso de 100 pessoas de etnia cigana a serviços de saúde, nomeadamente na área da saúde sexual e reprodutiva, o projeto pretende, ainda, capacitar mulheres ciganas para o ativismo pela igualdade de género, prevenção e combate à violência de género e doméstica.

A promoção da literacia financeira, a disseminação de modelos de sucesso educativo e profissional na comunidade, o desenvolvimento de competências e conhecimentos potenciadores da inclusão das pessoas ciganas em profissionais de saúde, são ainda, algumas das finalidades do projeto.

Com esta iniciativa, pretende-se, também, possibilitar o desenvolvimento de competências e conhecimentos potenciadores da inclusão e a desconstrução de estereótipos sobre as pessoas ciganas na população de Vila Nova de Gaia.

Tags

Sem comentários

deixar um comentário