05 Fevereiro 2023, 13:15

GNR detém quatro alegados traficantes e apreende droga no Alentejo e Palmela

LUSA Autor
Agência de notícias de Portugal

Redação, 07 dez 2022 (Lusa) — Três homens e uma mulher foram detidos pela GNR por tráfico de estupefacientes, nos concelhos de Aljustrel e Castro Verde (Beja) e Palmela (Setúbal), tendo-lhes sido apreendidas cerca de 300 doses de droga, foi hoje anunciado.


Em comunicado, a Guarda Nacional Republicana (GNR) explicou que os quatro suspeitos, entre os 22 e os 47 anos, foram detidos, na segunda-feira, através do Núcleo de Investigação Criminal de Aljustrel (NIC) do Comando Territorial de Beja.


Fonte da GNR, contactada pela agência Lusa, explicou que os suspeitos foram presentes ao Tribunal de Ourique na terça-feira, mas o primeiro interrogatório judicial prossegue hoje, altura em que serão conhecidas as medidas de coação aplicadas.


As detenções foram realizadas no âmbito de uma investigação relacionada com o tráfico de estupefacientes.


“Os militares da Guarda levaram a cabo diligências de inquérito que culminaram com o cumprimento de 12 mandados de busca” domiciliárias, em viaturas e em estabelecimentos, nos concelhos de Aljustrel, Castro Verde e Palmela.


Além dos quatro suspeitos detidos, a operação culminou com a apreensão de 254 doses de haxixe, 22 pastilhas de ‘ecstasy’, 20 doses de cocaína, três garrafas de óxido nitroso, 15 saquetas de snus (nicotina) e 198 comprimidos utilizados como produto de corte.


Da apreensão constam ainda sete telemóveis, cinco balanças de precisão, um petardo, uma tesoura, seis facas, 17 anéis em ouro e dois em prata, 3.675 euros em numerário, 40 libras em numerário, seis viaturas, uma moto de água e diversos artigos relacionados com o acondicionamento, preparação e embalamento de estupefacientes.


Segundo a GNR, foi ainda identificado um quinto suspeito, um homem, por posse de droga, pelo que foi elaborado um auto de contraordenação pela posse dos produtos.


O homem foi notificado para comparecer na Comissão para a Dissuasão da Toxicodependência.


A operação contou com o reforço dos Comandos Territoriais de Setúbal, Évora e Faro e da Unidade de Intervenção (UI).



RRL // MLS


Lusa/Fim

Sem comentários

deixar um comentário