19 Setembro 2021, 11:44

Gondomar comparticipa renda e crédito à habitação a mais de 330 famílias

mundoatual AdministratorKeymaster

A Câmara de Gondomar aprovou, pela primeira vez, mais de 330 candidaturas ao «Eixo +Habitação» do Programa Social+ do Município.

De acordo com a autarquia, este é o número mais alto de sempre de candidaturas aprovadas que “reflete também uma crescente procura por parte dos munícipes a este apoio, especialmente importante no contexto pandémico, o qual tem trazido inúmeras dificuldades às famílias”.

Foram aprovadas nesta fase do apoio 334 candidaturas, o que representa um investimento mensal de cerca de 30 mil euros, num total de aproximadamente 180 mil euros para o apoio relativo ao primeiro semestre do ano (entre janeiro e junho de 2021).

PUB – CONTINUE A LER A SEGUIR



Através de um comunicado, o Município informou que as candidaturas ao «Eixo +Habitação» do Programa Social+ para o período de julho a dezembro de 2021, terminaram ontem, dia 31.

Esta medida comparticipa o pagamento da renda ou crédito à habitação, por um período máximo de seis meses, aos agregados familiares cujo valor da renda ou crédito à habitação seja igual ou superior a 150€ mensais, desde que os agregados não beneficiem de apoio para o mesmo efeito de uma outra entidade com competência na área dos apoios sociais.

“As candidaturas ao «Eixo +Habitação» visam a obtenção de apoios à habitação, nos termos do Regulamento do Programa Social+, a munícipes residentes há, pelo menos, seis meses em Gondomar”, pode ler-se na nota.

Sem comentários

deixar um comentário