24 Setembro 2022, 20:50

Gondomar debate a saúde mental e a criação de um Centro de Reabilitação

mundoatual AdministratorKeymaster

Agora que chegou aqui…

Ao longo do último ano, o MUNDO ATUAL tem conquistado cada vez mais leitores.
Nunca quisemos limitar o acesso aos nossos conteúdos, ao contrário do que fazem outros órgãos de comunicação, e mantivemos sempre todas as notícias, reportagens e entrevistas abertas para que todos as pudessem ler.
Mas precisamos do seu apoio. Para que possamos, diariamente, continuar a oferecer-lhe a melhor informação, não só nacional como local, assim como para podermos fazer mais reportagens e entrevistas do seu interesse.
O MUNDO ATUAL é um órgão de comunicação social independente e isento. E acreditamos que para que possamos continuar o nosso caminho, que tem sido de sucesso e de reconhecimento, é importante que nos possa ajudar neste caminho que iniciámos há um ano.
Desta forma, por tão pouco, com apenas 1€, pode apoiar o MUNDO ATUAL.

Obrigado!

A Associação Recreativa Cultural e Social de Silveirinhos, em Gondomar, está a organizar o seminário «Novos Rumos para a Saúde Mental», marcado para sexta-feira, 14 horas, no Auditório Municipal, onde será debatida a candidatura para a criação de um Centro de Reabilitação e Integração Socioprofissional no concelho.

Realizado no âmbito da candidatura da Associação Recreativa Cultural e Social de Silveirinhos ao Programa «Parcerias para o Impacto» do POISE, o seminário tem como objetivo principal a sensibilização da sociedade civil para a saúde mental.

PUB – CONTINUE A LER A SEGUIR



De acordo com o comunicado da autarquia, o Centro de Reabilitação e Integração Socioprofissional “terá valências no âmbito da capacitação pessoal e profissional, da ajuda a familiares e cuidadores, da sensibilização da sociedade civil, da criação de oficinas produtivas e ainda da criação de uma residência de autonomia”.

O «Novos Rumos para a Saúde Mental» vai contar com a presença de representantes de diversas entidades, entre elas a Câmara de Gondomar, o Ministério da Saúde, a ARS Norte, o Centro Hospitalar do Porto, o Centro Hospitalar de São João e a iniciativa Portugal Inovação Social.

Sem comentários

deixar um comentário