09 Setembro 2022, 14:16

Gondomar investe mais de três milhões de euros em instituições de solidariedade social

Inês Duarte Administrator

Agora que chegou aqui…

Ao longo do último ano, o MUNDO ATUAL tem conquistado cada vez mais leitores.
Nunca quisemos limitar o acesso aos nossos conteúdos, ao contrário do que fazem outros órgãos de comunicação, e mantivemos sempre todas as notícias, reportagens e entrevistas abertas para que todos as pudessem ler.
Mas precisamos do seu apoio. Para que possamos, diariamente, continuar a oferecer-lhe a melhor informação, não só nacional como local, assim como para podermos fazer mais reportagens e entrevistas do seu interesse.
O MUNDO ATUAL é um órgão de comunicação social independente e isento. E acreditamos que para que possamos continuar o nosso caminho, que tem sido de sucesso e de reconhecimento, é importante que nos possa ajudar neste caminho que iniciámos há um ano.
Desta forma, por tão pouco, com apenas 1€, pode apoiar o MUNDO ATUAL.

Obrigado!

O Município de Gondomar vai investir mais de três milhões de euros em infraestruturas de solidariedade social. O concelho vai construir uma estrutura residencial, um centro de dia e proporcionar uma maior resposta aos serviços de apoio domiciliário para assistência direta aos mais idosos.

O Instituto da Segurança Social vai comparticipar financeiramente neste programa tendo assinado contrato com a Associação Dignidade e Futuro de Gondomar e com o Centro Social de Soutelo.

PUB – CONTINUE A LER A SEGUIR



De acordo com os contratos assinados, a Associação Dignidade e Futuro de Gondomar, prevê um investimento público de 2.141.700€ na construção de uma estrutura residencial para 60 idosos. O Centro Social de Soutelo, por outro lado, prevê a comparticipação de 978.880€ na construção de um centro de dia com lotação de 70 pessoas e na resposta aos serviços de apoio domiciliário para 86 utentes.

Este investimento, inserido no Programa de Requalificação e Alargamento da Rede de Equipamentos e Resposta Sociais do PRR, está previsto concluir-se em 2024.

Tags

Sem comentários

deixar um comentário