19 Outubro 2021, 20:03

Governo anuncia lançamento de incubadoras sociais de emprego

LUSA Autor
Agência de notícias de Portugal

Lisboa, 26 mai 2021 (Lusa) — A ministra do Trabalho anunciou hoje no parlamento o lançamento de um programa de incubadoras sociais de emprego para responder ao desemprego jovem, focado nos jovens que não trabalham nem estudam nem frequentam qualquer formação (jovens NEET).


O anúncio foi feito pela ministra do Trabalho, Solidariedade e Segurança Social, Ana Mendes Godinho, durante uma audição regimental na comissão do Trabalho e Segurança Social.


De acordo com Ana Mendes Godinho, será lançado “um programa dedicado a incubadoras sociais de emprego que vai ser lançado pelo IEFP [Instituto do Emprego e Formação Profissional]” cuja proposta será enviada para consulta aos parceiros sociais.


O programa, que está previsto no programa do Governo consiste na criação de um projeto piloto de 20 incubadoras sociais em todo o país “para responder ao desemprego jovem, muito focado nos jovens NEET”, sublinhou a ministra.


Segundo adiantou à Lusa fonte oficial do gabinete da ministra, “a intenção é avançar com uma fase de projetos piloto durante 12 meses, criando 20 incubadoras em parceria com diferentes instituições, distribuídas pelas cinco regiões do país”.


Na fase inicial, prevê-se envolver 30 mentores e 50 equipas de procura de emprego, abrangendo cerca de 1.000 pessoas e o objetivo é que a fase de projetos-piloto arranque em setembro, disse fonte oficial do ministério.


Durante a audição, a ministra lembrou ainda que o programa Ativar.pt, que consiste em apoios à contratação e estágios profissionais do IEFP, vai ser reforçado em 40 milhões de euros, para 140 milhões de euros, devido à procura registada.


Segundo disse Ana Mendes Godinho, o programa Ativar.pt, lançado no segundo semestre do ano passado e com uma segunda fase lançada em 2021, “já abrangeu 41 mil trabalhadores”.


De acordo com o calendário do IEFP, o primeiro período de candidaturas ocorre entre 15 de fevereiro e 30 de junho, enquanto o segundo se realiza de 15 de agosto a 30 de dezembro.



DF/SV // EA


Lusa/Fim

Sem comentários

deixar um comentário