27 Janeiro 2022, 09:08

Grécia diz que Turquia é o “denominador comum” das turbulências na região

LUSA Autor
Agência de notícias de Portugal

Atenas, 19 nov 2021 (Lusa) — O chefe da diplomacia da Grécia designou hoje a vizinha Turquia de “denominador comum” das ameaças na região, incluindo a utilização de migrantes como uma forma de exercer pressão geopolítica.


Nikos Dendias acusou a Bielorrússia de imitar as táticas utilizadas por Ancara em 2020 quando a tensão se agravou na fronteira terrestre greco-turca na sequência da concentração de milhares de migrantes e requerentes de asilo.


“Infelizmente, o denominador comum dos desafios que enfrentamos na região (…) é a nossa vizinha Turquia”, disse Dendias no decurso de um encontro em Atenas com os seus homólogos de França, Egito e Chipre, Jean-Yves Le Drian, Sameh Shoukry e Nikos Christodoulides.


A Grécia e a Turquia promoveram em janeiro, pela primeira vez em cinco anos, conversações diplomáticas de alto nível com o objetivo de desanuviar a tensão em torno das persistentes disputas fronteiriças no Mar Egeu e no Mediterrâneo oriental. Em paralelo, o Governo conservador da Grécia anunciou um avultado programa de modernização militar que inclui a compra à França e Estados Unidos de navios de guerra e aviões de combate.


A Turquia considera que tem sido injustamente excluída do acesso aos recursos de hidrocarbonetos no Mediterrâneo, e negou envolvimento no massivo afluxo de migrantes em direção à fronteira com a Grécia registado em 2020.


O Egito e a França têm fornecido à Grécia todo o apoio político e diplomático nas suas disputas com a Turquia.



PCR // PDF


Lusa/Fim

Sem comentários

deixar um comentário