08 Outubro 2022, 07:26

Greve na Infraestruturas de Portugal desconvocada

LUSA Autor
Agência de notícias de Portugal

Agora que chegou aqui…

Ao longo do último ano, o MUNDO ATUAL tem conquistado cada vez mais leitores.
Nunca quisemos limitar o acesso aos nossos conteúdos, ao contrário do que fazem outros órgãos de comunicação, e mantivemos sempre todas as notícias, reportagens e entrevistas abertas para que todos as pudessem ler.
Mas precisamos do seu apoio. Para que possamos, diariamente, continuar a oferecer-lhe a melhor informação, não só nacional como local, assim como para podermos fazer mais reportagens e entrevistas do seu interesse.
O MUNDO ATUAL é um órgão de comunicação social independente e isento. E acreditamos que para que possamos continuar o nosso caminho, que tem sido de sucesso e de reconhecimento, é importante que nos possa ajudar neste caminho que iniciámos há um ano.
Desta forma, por tão pouco, com apenas 1€, pode apoiar o MUNDO ATUAL.

Obrigado!

A greve dos trabalhadores da Infraestruturas de Portugal (IP), que estava agendada para os dias 12, 14 e 16 de setembro, foi desconvocada, adiantou à Lusa fonte oficial da empresa.

“Acabou de ser desconvocada a greve, que estava agendada para os dias 12, 14 e 16”, avançou fonte oficial da IP, em declarações à Lusa, sem adiantar mais informações.

A paralisação tinha sido convocada pela Associação Sindical dos Profissionais do Comando e Controlo Ferroviário (Aprofer) para o período compreendido entre as 00:00 e as 24:00 dos dias 12, 14 e 16 de setembro.

A Lusa contactou a Aprofer, mas não obteve resposta.

Esta tarde, a IP tinha alertado para a possibilidade de perturbações na circulação ferroviária devido à greve, para a qual não tinham sido decretados serviços mínimos.

Na quinta-feira, a CP também avisou os clientes para perturbações na circulação de comboios.

Sem comentários

deixar um comentário