24 Dezembro 2022, 12:11

Ibersol conclui venda dos restaurantes Burger King por 260 ME à Restaurant Brands Iberia

LUSA Autor
Agência de notícias de Portugal

Porto, 01 dez 2022 (Lusa) — A Ibersol anunciou a conclusão, na quarta-feira, do processo de venda dos restaurantes Burger King em Portugal e Espanha à Restaurant Brands Iberia (RBI) por 260 milhões de euros.


“[…] as partes vendedoras (subsidiárias da Ibersol SGPS) e as partes compradores (BK Portugal, S.A. e Burger King Spain, S.L.U., sociedades controladas pela Restaurante Brands Ibéria, S. A.) levaram hoje [quarta-feira, 30 novembro] a cabo, perante notário espanhol e junto das demais partes relevantes, as ações necessárias para efeitos da conclusão da referida compra e venda de ações (incluindo o recebimento do preço)”, lê-se num comunicado da Ibersol publicado ao final da noite de quarta-feira no ‘site’ da Comissão do Mercado de Valores Mobiliários (CMVM).


Segundo acrescenta, “esta compra e venda produz plenos efeitos por referência a 30 de novembro de 2022 [quarta-feira], uma vez obtida a confirmação por parte de notário espanhol”.


Em causa está a venda pela Ibersol à Restaurant Brands Iberia das ações representativas da totalidade do capital social das sociedades Iber King- Restauração, S.A. e Lurca S.A.U, de direito português e espanhol, respetivamente, que operam os restaurantes da insígnia Burger King em Portugal e Espanha.


Em 03 de agosto, a RBI anunciou a conclusão da compra dos 158 restaurantes da cadeia Burger King da Ibersol em Portugal e Espanha por 260 milhões de euros, tendo a Autoridade da Concorrência (AdC) dado ‘luz verde’ à operação em 06 de setembro.


A RBI, que integra os direitos de exploração como ‘master franchise’ para Portugal e Espanha das marcas Burger King, Tim Hortons e Popeyes, salientou que o acordo com a Ibersol foi alcançado “após meses de negociação”.


Esta operação “inclui a integração de 121 restaurantes em Portugal e 37 em Espanha, o que aumentará o número de espaços próprios da RB Iberia para 775, dos quais 722 correspondem ao Burger King”, adiantou o grupo.


A Restaurant Brands Iberia anunciou então que pretende transformar Portugal “num mercado chave para o Burger King”, planeando um investimento de 150 milhões de euros e a abertura de 90 restaurantes até 2025.


“O objetivo da RB Iberia é transformar Portugal num mercado chave para o Burger King a nível mundial com um investimento de 40 milhões de euros e cerca de 15 aberturas” este ano, adiantou o grupo, acrescentando ter “um ambicioso plano de crescimento para a marca em Portugal para os próximos três anos, com um investimento de 150 milhões de euros e a abertura de 90 restaurantes entre 2022 e 2025”.


Em Portugal, a marca Burger King tem atualmente 164 restaurantes, dos quais 137 franchisados e 27 próprios.


No ano passado, as vendas da marca em Portugal atingiram os 145 milhões de euros, enquanto as vendas totais do Burger King Espanha superaram os 1.000 milhões de euros no (quase 30% mais que no período anterior), tendo recuperado os números pré-pandemia em tempo recorde.


A Ibersol registou nos primeiros nove meses deste ano um lucro consolidado de 14,6 milhões de euros, que compara com um prejuízo de mais de 20 milhões de euros no período homólogo, de acordo com um comunicado divulgado na quarta-feira ao mercado.


No período, o volume de negócios consolidado atingiu os 398,6 milhões de euros, um acréscimo de 65% em termos homólogosm enquanto o EBITDA (resultado antes de impostos, juros, depreciações e amortizações) consolidado foi de 68,5 milhões de euros, aumentando 27% em relação a igual período de 2021.



PD (CSJ/AAT/ALU/ALYN) // MSF


Lusa/Fim

Sem comentários

deixar um comentário