25 Setembro 2022, 08:41

Inter Milão vence em casa da Juventus e consolida terceiro lugar

LUSA Autor
Agência de notícias de Portugal

Redação, 03 abr 2022 (Lusa) — O Inter Milão venceu hoje por 1-0 em casa da Juventus, para a 31.ª jornada da liga italiana de futebol, e consolidou o terceiro lugar, a três pontos do líder AC Milan, que na segunda-feira recebe o Bolonha.


O golo do Inter Milão, que impôs à Juventus a primeira derrota na Série A após 16 jogos, foi marcado pelo turco Hakan Çalhanoglu, aos 45+5 minutos, na repetição de uma grande penalidade, inicialmente defendida pelo polaco Wojciech Szczesny.


O Inter Milão, que tem um jogo a menos, passa a somar 63 pontos na terceira posição da liga, a três do líder AC Milan, que joga segunda-feira, e do Nápoles, segundo, ambos com 66, e abriu para quatro a vantagem para a Juventus, quarta, com 59.


A equipa milanesa regressou aos triunfos em Turim, após dois empates seguidos na liga, e interrompeu a recuperação da Juventus, que vinha de cinco vitórias consecutivas e, com a derrota, fica agora mais longe da possibilidade de chegar ao título.


A Roma, do treinador José Mourinho, isolou-se no quinto lugar, após vencer no campo da Sampdoria, por 1-0, e encurtou para cinco pontos a desvantagem para a Juventus, o que lhe permite continuar a ‘sonhar’ com o acesso à Liga dos Campeões.


Em Génova, com Rui Patrício e Sérgio Oliveira como titulares na equipa da capital italiana, o encontro ficou decidido com um golo do arménio Mkhitaryan, marcado aos 27 minutos.


A Roma está há 10 jogos sem perder na Serie A e sofreu o último desaire na prova em 9 de janeiro na receção precisamente à Juventus (4-3).


Por seu lado, a Sampdoria, que na primeira parte da temporada contou com o português Adrien Silva, entretanto transferido para o futebol Emirados Árabes Unidos, segue no 16.º lugar, sete pontos acima da zona de despromoção.


O avançado português Beto assinou um ‘hat-trick’ na goleada caseira da Udinese sobre o Cagliari (5-1), que deixa a equipa num tranquilo 13.º lugar, com 33 pontos, já sem o ‘fantasma’ da despromoção a pairar sobre o emblema de Udine.


Beto, que há três temporadas alinhava nos campeonatos amadores em Portugal, chegou aos 11 golos na Serie A com o seu primeiro ‘hat-trick’ na prova, com golos aos 45, 49 e 73 minutos.


O Cagliari (17.º) até chegou a estar em vantagem por João Pedro Galvão, antigo jogador brasileiro do Estoril Praia e Vitória de Guimarães e agora internacional italiano, aos 32. Becão, aos 39, e Molina, aos 59, ajudaram também a construir o triunfo largo da formação da casa.


O Nápoles, com o português Mário Rui a titular, reforçou o estatuto de candidato ao título, com um triunfo por 3-1 no campo da Atalanta e igualou provisoriamente o AC Milan no comando da liga.


O emblema do sul de Itália, que chegou à vitória com golos de Insigne (14 minutos, de grande penalidade), Politano (37) e Elmas (81), passou a somar 66 pontos e ‘colou-se’ no topo ao AC Milan, que na segunda-feira recebe o Bolonha, na partida que fecha a ronda.


Por seu lado, a formação de Bérgamo, que fez o tento de honra pelo holandês De Roon (58 minutos), segue no sétimo posto, com 51 pontos.


A Fiorentina manteve-se na luta europeia (é oitava, com 50 pontos) com um triunfo caseiro sobre o Empoli, por 1-0, com um golo do argentino Nicolas González, aos 58 minutos, logo após Sebastiano Luperto ser expulso nos visitantes.



APS (LG) // NFO


Lusa/fim

Sem comentários

deixar um comentário