27 Janeiro 2022, 23:53

Investimento das famílias na zona euro com novo máximo de 9,6% no 3.º trimestre de 2021

LUSA Autor
Agência de notícias de Portugal

Bruxelas, 11 jan 2022 (Lusa) — A taxa de investimento das famílias na zona euro atingiu, no terceiro trimestre de 2021, um novo máximo de 9,6% desde o segundo trimestre de 2009, segundo dados hoje divulgados pelo Eurostat.


De acordo com o gabinete estatístico europeu, a taxa de investimento das famílias subiu para os 9,6% entre julho e setembro de 2021, face aos 9,4% do trimestre anterior e aos 8,8% do homólogo, um novo máximo desde o segundo trimestre de 2009.


A taxa de poupança das famílias na zona euro foi, por seu lado, de 15% no terceiro trimestre de 2021, em comparação com 19,0% no período anterior e os 16,6% do homólogo.


Este é o valor mais baixo desde o surto da pandemia de covid-19 no primeiro trimestre de 2020, embora ainda seja superior a qualquer outro valor desde o início da série cronológica até ao início da pandemia (de 1999 a 2019).


Já no que respeita às empresas, entre julho e setembro de 2021, a taxa de investimento destas recuou para 23%, quer face aos 23,6% do segundo trimestre de 2021 quer quando comparada com os 23,4% do período homólogo de 2020.


A margem de lucro das empresas foi de 40,4%, um recuo face ao segundo trimestre de 2021 (41,4%) mas uma subida na comparação homóloga (39,7%).



IG // MSF


Lusa/fim

Sem comentários

deixar um comentário